Novo IMI chega a 211 mil contribuintes em setembro

No próximo mês, 211 690 contribuintes vão ter de pagar o Adicional ao Imposto Municipal sobre Imóveis (AIMI). A taxa será paga na totalidade em setembro com base nas liquidações realizadas pela Autoridade Tributária e Aduaneira em junho, conforme explica o Diário de Notícias desta quinta-feira.

Os mais de 211 mil contribuintes são empresas, particulares, heranças indivisas e verbetes. Um porta-voz do gabinete de Mário Centeno explicou ao DN que foram contabilizadas 56 412 empresas com imóveis afetos ao AIMI, fruto deste apuramento das liquidações.

No início do mês de junho, o jornal Público dava conta de que perto de oito mil contribuintes conseguiram fugir ao AIMI, segundo dados a que teve acesso. No total foram 1857 as heranças indivisas, que envolveram 4475 herdeiros, chegando a acordo sobre a divisão do valor patrimonial tributário.

Trata-se de uma forma legal de evitar pagar o novo imposto ou pagar o menos possível, que foi usada por 7954 contribuintes, entre herdeiros e casados ou em união de facto.

O Ministério das Finanças aplica este imposto, previsto no Orçamento do Estado para 2017, pela primeira vez, este ano. A taxa abrange proprietários particulares com imóveis acima dos 600 mil euros. Os proprietários têm de pagar uma taxa de 0,7% sobre o valor que exceda os 600 mil euros e de 1% sobre o valor que ultrapasse um milhão de euros.





Mais notícias
PUB
PUB
PUB