Novo Banco: PSD diz que há “risco de perda de milhões de contribuintes”

Esta tarde, o Governador do Banco de Portugal (BdP), esteve no parlamento, a esclarecer dúvidas sobre a venda do Novo Banco ao Lone Star. O deputado do PSD, Carlos Silva, questionou Carlos Silva sobre as razões pelas quais não foi vendido o banco em 2015.

Rafael Marchante/Reuters

O PSD critica a manutenção da participação de 25% do Novo Banco, através do Fundo de Resolução, considerando que “acarreta maior probabilidade de perdas do que de ganhos futuros”.

“Os riscos, calculados em centenas de milhões de euros, recaem sobre os contribuintes, contrariamente ao que afirmou o primeiro-ministro”, defende o partido, na newsletter.

Esta tarde, o Governador do Banco de Portugal (BdP), esteve no parlamento, a esclarecer dúvidas sobre a venda do Novo Banco ao Lone Star. O deputado do PSD, Carlos Silva, questionou Carlos Silva sobre as razões pelas quais não foi vendido o banco em 2015.

“Senhor governador, para a garantia pública estão a ser pedidos 25% dos montantes em termos de financiamento. Pretendemos saber que outros cenários existiam. E não é dada qualquer resposta”, frisou Carlos Silva, acrescentando que “quando questionado sobre este tema, o Governo remete para o Banco de Portugal. Não conseguimos compreender porque se mantém silêncio sobre este tema”.



Mais notícias