Nersant acorda com Crédito Agrícola 64 milhões de euros para empresas associadas

Acordo prevê abertura de cinco linhas de crédito e entra em vigor imediatamente, podendo beneficiar 2.500 empresas.

A Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém assinou um acordo com o grupo Crédito Agrícola, que vai permitir às empresas suas associadas ter acesso a cinco linhas de crédito, num total de 64 milhões de euros.

Para a presidente da Nersant, este tipo de acordos permite às empresas ultrapassarem um dos constrangimentos constantemente referidos à competitividade empresarial, que é o acesso a crédito bancário.

Em entrevista ao Jornal Económico, Maria Salomé Rafael referiu já que o acesso a financiamento pelas empresas, especialmente PME, continua a ser uma dificuldade concreta para o desenvolvimento da atividade.

“Mantemos hoje em dia um problema de capitalização nas PME que precisamos resolver com urgência”, diz, apontando que “há um conjunto significativo de PME, que são a base do tecido económico do nosso país, empresas com projetos empresariais consolidados e com encomendas em carteira e que, por vicissitudes diversas, não conseguem encontrar uma resposta para as suas necessidades de financiamento”.

Ao abrigo deste acordo, o Crédito Agrícola disponibiliza cinco linhas de crédito destinadas a “apoiar processos de empreendedorismo e criação de novas empresas”, ao “apoio à tesouraria das empresas”, ao apoio “a investimentos em eficiência energética”, “reindustrialização” e, por fim, uma “apoio social”.

As linhas de crédito dirigem-se exclusivamente a empresas associadas da Nersant, quer sejam empresários em nome individual ou pessoas coletivas de qualquer setor de actividade.

O acordo entra em vigor imediatamente e poderá beneficiar mais de 2.500 empresas.

PUB
PUB
PUB