Não sabe como poupar? Há uma associação que lhe vai ajudar

Chama-se Profin e é uma Associação de Promoção da Educação Financeira que acaba de nascer na Cidade da Praia. O objectivo é ajudar os cabo-verdianos a fazerem um uso mais inteligente do dinheiro.

António Baptista, economista, professor e um dos mentores dessa iniciativa, explica que a ideia é, através de várias acções, aumentar o nível da educação financeira na comunidade cabo-verdiana, no sentido de esta desenvolver actividades que fomentem a cultura da poupança e do investimento.
“A iniciativa surgiu no sentido ajudar as famílias e os empresários a tomarem melhores decisões financeiras. Neste momento, temos o aumento de casos de famílias endividadas, sem condições para pagar as dívidas. Um relatório do Banco de Cabo Verde (BCV) apontou que o nível de literacia financeira em Cabo Verde é baixo e que as pessoas não fazem poupança. Um cenário que precisa ser mudado a bem do desenvolvimento do país e do bem-estar das pessoas”, explicou António Baptista, ex-director geral de Energia.
Ademais, acrescentou ainda que em Cabo Verde não há um programa de educação financeira que ensine as pessoas, desde a tenra idade, as formas de usar os recursos financeiros, pelo que considera que será de “grande mais-valia” essa associação.
De acordo com o estatuto da Profin, que deve ser publicado no Boletim Oficial (BO) ainda esta semana, essa instituição privada sem fins lucrativos, de carácter técnico-educativo, vai apoiar e o fomento da implementação de programas capacitação da comunidade cabo-verdiana, de modo a ampliar o conhecimento da população em relação à cultura da poupança e do investimento.
O desenvolvimento e a implementação de programas de formação de professores, de multiplicadores e educadores, bem como programas de educação financeira em escolas públicas e privadas são outros objectos dessa associação de âmbito nacional.
Previstas estão também a organização de aulas, palestras, seminários e congresso que ajudem a propagar acções visando uma melhor literacia financeira em Cabo Verde.
A oficialização da Profin acontece no momento em que é celebrado o Dia Mundial do Consumidor e Global Money Week (GMW), uma iniciativa da Child & Youth Finance International (CYFI) que nada mais é do que uma campanha anual de conscientização sobre o dinheiro, criada para inspirar crianças e jovens a aprender sobre assuntos de dinheiro, meios de sustento e empreendedorismo.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB