Ministério Público abre inquérito a falso currículo de Feliciano Barreiras Duarte

A PGR confirmou ao Jornal Económico que remeteu "elementos" sobre o currículo do secretário-geral do PSD para o DIAP de Lisboa. Objetivo: a abertura de um inquérito.

A declaração falsa de Feliciano Barreiras Duarte, atual secretário-geral do PSD, no âmbito da tese de mestrado que apresentou na Universidade Autónoma de Lisboa (UAL), vai motivar a abertura de um inquérito pelo Ministério Público. A investigação foi confirmada ao Jornal Económico por fonte oficial da Procuradoria-Geral da República (PGR).

“Na sequência de notícias vindas a público, a Procuradoria-Geral da República procedeu à recolha de elementos. Esses elementos foram encaminhados para o DIAP de Lisboa com vista a inquérito”, revelou fonte oficial da PGR.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB