Milionésimo Porsche 911 sai da linha de produção

A Porsche celebra a construção do Porsche 911 número 1.000.000, um Carrera S que ficará em exposição no museu da marca, em Zuffenhausen.

A Porsche anunciou a produção da unidade 1.000.000 do seu modelo icónico, o 911. O modelo em causa é um Carrera S, com a cor especial Irish Green e com vários detalhes exclusivos que seguem a imagem do original 911 de 1963. O milionésimo 911 será propriedade da Porsche AG e, antes de ir enriquecer a coleção do Museu da Porsche, embarcará numa tournée mundial, que o levará às Terras Altas da Escócia, a Nürburgring, aos Estados Unidos, à China e a outros locais que a marca divulgará posteriormente.

Wolfgang Porsche, Presidente do Conselho de Supervisão da Porsche AG, fez parte do desenvolvimento do 911 desde o primeiro dia: “Há 54 anos, estava pronto para fazer a minha primeira viagem pela estrada Grossglockner, nos Alpes, com o meu pai. A sensação de estar ao volante de um 911 é tão agradável agora como então. Isso deve-se ao facto de o 911 assegurar que os valores fundamentais da nossa marca são tão visionários hoje como eram no primeiro Porsche 356/1 de 1948”.

A Porsche nunca se afastou do conceito do original 911, “mas continuamos a aprimorar a tecnologia do 911, afinando e aperfeiçoando o veículo desportivo”, diz Oliver Blume, Presidente do Conselho Executivo da Porsche AG, “é por isso que continua a ser um veículo de última geração e tecnicamente inovador. Também fomos capazes de expandir a linha de modelos com muito sucesso através de derivações”.

Uwe Hück, Presidente do Conselho de Empresa do grupo da Porsche, diz: “Não consigo imaginar a história de sucesso do 911 sem os funcionários Porsche. Hoje, temos o milionésimo 911. O bom é que nossos colegas ainda os constroem com a mesma dedicação com que construíram o primeiro modelo. A construção do Mission E em Zuffenhausen está marcar uma nova era na Porsche. E é claro que, se quisermos torná-lo um sucesso, vamos precisar dos nossos funcionários altamente qualificados e motivados. Eles vão certificar-se de que o Mission E é uma experiência emocional, assim como o nosso 911 sempre foi – e sempre será “.

Mais notícias
PUB
PUB
PUB