May quer regras mais rígidas para redes sociais

Redes sociais como Facebook e Twitter podem vir a ser forçadas a permitir que menores de idade consigam apagar informação sobre eles online, caso May seja reeleita em junho.

REUTERS/Stefan Wermuth

Theresa May quer regras mais rígidas para a forma como as empresas tecnológicas lidam com as situações de discursos de ódio, pornografia e conteúdo ilegal, revela a Bloomberg, afirmando que esta é uma das promessas de campanha do Partido Conservador de May que será anunciada na próxima semana.

Redes sociais como Facebook e Twitter podem vir a ser forçadas a permitir que menores de idade consigam apagar informação sobre eles online, caso May seja reeleita em junho. A proposta pretende ainda restringir o armazenamento de dados e permitir que os utilizadores consigam ter acesso à informação sobre eles.

Em comunicado, May disse que “a internet trouxe grandes oportunidades mas também riscos significativos que evoluíram mais rápido do que a capacidade de resposta da sociedade. Nós queremos que as empresas de plataformas de redes sociais façam mais para ajudar a reequilibrar a balança, e vamos tomar medidas para nos certificar que o façam”.

Os porta-vozes do Twitter, Google, Facebook e Snapchat não prestaram declarações na sequência do comunicado.

 



Mais notícias