Maniche diz que limitação de jogadores continentais não é boa solução para quem quer investir na Camacha

O responsável pela SAD da Camacha não sabe se vai assumir a presidência do clube mas admitiu que isso possa ser uma possibilidade.

O presidente da SAD da Camacha, Maniche, esteve esta sexta-feira em reunião com o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, onde abordou os projetos do clube para a área desportiva e social.

Maniche afirmou que a condicionante de só poder ter dois jogadores do Continente no plantel levanta preocupações para quem quer investir. “Temos a esperança de demonstrarmos com o nosso ‘know-how’, ao Governo, e às pessoas responsáveis, que isso não é uma boa solução para quem quer investir e para quem quer valorizar, não só a ilha, mas também o clube onde vai investir”, explicou o presidente da SAD da Camacha.

O antigo jogador realçou no entanto abertura por parte do Governo Regional para tratar deste assunto desde que seja “para valorizar a ilha, os próprios jogadores madeirenses, inclusive a formação”.

O responsável pela SAD referiu que não sabe se vai assumir a presidência do clube mas admitiu que isso possa ser uma possibilidade.

Maniche falou ainda do projecto social que consiste na entrega de alimentos ao Bairro da Nogueira, a casas de famílias mais desfavorecidas, e ainda de outro projeto que o clube pretende desenvolver na área da saúde.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB