Mais de 100 mil fiadores chamados a pagar dívidas de outros

No final do ano passado, o número de fiadores que foram chamados a pagar dívidas de terceiros alcançou os 115 mil, o que corresponde a 8,6% do total de pessoas avalistas

Apesar de ser o número mais baixo dos últimos quatro anos, mais de 100 mil fiadores arrecadaram dívidas de outros, segundo os dados do Banco de Portugal, citados pelo “Diário de Notícias” desta sexta-feira.

No final do ano passado, o número de fiadores que foram chamados a pagar dívidas de terceiros alcançou os 115 mil, o que corresponde a 8,6% do total de fiadores. Os valores são explicados pelo crédito ao consumo, dado que se se registou uma subida de 11,9% no número de fiadores em dificuldades. “O fiador tem responsabilidade subsidiária”, adianta ao DN António Menezes Rodrigues.redação

O presidente da Associação de Instituições de Crédito Especializado esclarece que “caso o devedor não possa pagar, pode pagar voluntariamente os montantes em dívida, mas se não o fizer, o seu património e rendimentos responderão pelo pagamento dessa dívida, podendo ser penhorados”.

Em 2016, o número de portugueses que aceitaram ser fiadores de empréstimos bancários diminuiu para 1,3 milhões.

Mais notícias