Madeira: Miguel Albuquerque recusa a exploração dos produtores de banana

Presidente do Governo Regional afirmou em Câmara de Lobos, Madeira, que o seu executivo não permitirá a exploração dos produtores de banana regional.

Durante a visita efetuada ao Centro de Horticultura das Preces, Miguel Albuquerque acrescentou que a banana da Madeira “é a mais bem paga da Europa e aquela que está organizada no sentido de conseguir o melhor rendimento para os produtores”.

“Enquanto eu for Presidente do Governo, a comercialização e o processamento da banana será feito pela GESBA (empresa regional responsável pela recolha e comercialização da banana regional). Há quem queira entrar para baixar os preços, desregular o mercado e ganhar dinheiro à custa dos produtores. Mas não vou permitir que isso aconteça”, disse.

Durante a visita, e interpelado pelos jornalistas sobre alegados descontentamentos relacionados também com o pastoreio de gado na serra, Miguel Albuquerque reafirmou que o Governo não está contra o pastoreio.

“Já passamos mais de 100 licenças para pastoreio ordenado. Com regras. Não podemos é abandonar o gado livremente na serra, para causar erosão e depois termos consequências graves”, argumentou.

O Centro de Horticultura das Preces, em Câmara de Lobos, sofreu diversas obras de beneficiação por forma a poder ajudar de forma mais eficaz os agricultores regionais e revitalizar o setor. Nesta infraestrutura são produzidas para fornecimento aos agricultores 1.275.000 plantas. O Centro de Horticultura dedica-se fundamentalmente ao desenvolvimento de sementes para posterior entrega aos agricultores.



Mais notícias