Lucros do BCE subiram 10,2% com receitas da compra de ativos

Aumento das receitas do BCE, que são distribuídas aos bancos centrais da zona euro, significaram mais 111 milhões de euros em relação a 2015.

Reuters

O lucro líquido do BCE aumentou 10,2% em 2016 face ao ano anterior, para 1.193 milhões de euros, impulsionado sobretudo pelas receitas da compra de ativos e com a carteira de dólares norte-americanos, noticia a Lusa.

O aumento das receitas do BCE, que são distribuídas aos bancos centrais da zona euro, significaram mais 111 milhões de euros em relação a 2015. O BCE decidiu a distribuição dos lucros em duas fases: 966 milhões de euros a 31 de janeiro e 227 milhões de euros a 17 de fevereiro.

As taxas cobradas a entidades supervisionadas contribuíram para este aumento atingindo 382 milhões de euros , enquanto em 2015 tinham registado 277 milhões de euros.

“Estas taxas têm por objetivo recuperar os gastos do BCE em relação a funções de supervisão”, segundo o comunicado, citado pela Lusa.

 



Mais notícias
PUB
PUB
PUB