Jovens duplas portuguesas ganham bronze em Cannes

Sete duplas de jovens criativos estiveram a competir no maior festival de publicidade do mundo, em Cannes, depois de vencerem os Young Lions em Portugal. Duas trouxeram medalhas de bronze, nas categorias de Design e de Marketing.

Richard Bord/Young Lions

Duas duplas de jovens criativos portugueses foram a Cannes arrebatar medalhas de bronze no mais importante evento do mundo publicitário. Elsa Rodrigues e Inês Coelho foram premiadas na categoria de Design, enquanto que José Silva e Mário Alves galardoados na categoria de Marketing. “Foi uma experiência única. A troca e partilha de experiência foi sem dúvida bastante interessante e enriquecedora”, disseram Elsa e Inês ao Jornal Económico.
As duas criativas, com o apoio da Sana Hotels, desenvolveram uma identidade visual de um novo restaurante da cadeia hoteleira, localizada no topo da Torre Vasco da Gama, no hotel Myriad. “A nossa ambição foi afirmar o conceito consolidando o universo visual inerente ao espaço e trazer-lhe uma coerência plena, absoluta, a 360º”, explicam.

A José Silva e Mário Alves foi-lhes proposto uma abordagem a um novo target – os Millenials. O projeto consistiu na criação de packs de duas garrafas sem rótulo, com um código de acesso online a histórias reais sobre refugiados, incluído no pack. “Apostamos num conceito evolutivo para três anos: no primeiro, potenciamos a energia de cada um; no segundo, evidenciamos que todos juntos temos ainda mais energia; e no último ano fazemos uma retrospectiva de tudo o que fizemos e alcançamos”. A dupla já tinha conquistado o terceiro lugar na competição Young Lions de 2016.

Este, em Cannes, foi o último passo de uma competição iniciada em Portugal.

Diversos desafios foram enfrentados e de bilhetes na mão, as sete duplas vencedoras da 21ª edição da Young Lions seguiram rumo à cidade francesa, onde aconteceu o maior e mais prestigiado festival da indústria da comunicação.

Ao Jornal Económico os participantes relataram o que os motivou a marcar a diferença criativa. Por detrás da dupla Cyber encontramos Inês Rubio e Pedro Maia, os criadores de uma campanha de cariz social “completamente sem filtros nem restrições”, dirigida a um público mais jovem, sob o headline “Não sejas Fail”.

Os níveis de exigência e competição são elevados. “A pressão de ter uma boa ideia e conseguir concretizá-la em 48 horas é tremenda, mas o sentimento de missão cumprida compensa”, afirma Filipe Rodrigues, da dupla Media, também vencedor na mesma categoria na edição de 2014.

O que o Young Lions tem de melhor é a liberdade criativa dada aos participantes para desenvolverem os seus conceitos. Com o objetivo de alcançar um posicionamento mais direcionado para a área de estratégica, a dupla de Relações Públicas optou por escolher um jogo de estratégia por excelência, o xadrez. Erica Rodrigues, docente convidada na Escola Superior de Comunicação Social (ESCS), e Letícia Gonçalves, da área da consultoria de comunicação e relações públicas, são as caras desta categoria.

O conceito “Para poupar a energia do planeta não precisa de gastar a sua” foi facilmente interpretado pela dupla Filme, composta por Rita Branco e Fernando Aguiar. Foi criado um casal que economizava na luz e no aquecimento de casa, sem gastar a própria energia. “Pensámos num filme com personagens. Quem melhor para falar de economização de energia que o casal mais preguiçoso do mundo?”.

Artigo publicado na edição digital do Jornal Económico. Assine aqui para ter acesso aos nossos conteúdos em primeira mão.