José Guirao é o novo ministro da Cultura de Espanha

Após a demissão de Màxim Huerta, o governo espanhol anunciou o nome do antigo diretor do Museu Nacional de Arte Reina Sofía para o cargo.

José Guirao é o novo ministro da Cultura e do Desporto de Espanha, após a demissão de Màxim Huerta. O governo de Pedro Sánchez escolheu esta quarta-feira à noite o antigo diretor do Museu Nacional de Arte Reina Sofía para a tutela da Cultura e do Desporto, na sequência da renúncia do antecessor devido a uma fraude fiscal, anunciada esta tarde.

Nascido no município espanhol de Almería em 1959, José Guirao é considerado uma pessoa muito próxima ao PSOE. Licenciado em Filologia Hispânica, seguindo o ramo de Literatura Espanhola, foi ainda diretor Geral de Belas Artes e Arquivos do Ministério da Cultura espanhol, quando Carmen Alborch liderava esta pasta.

“Quero agradecer de coração ao José Guirao pelo passo em frente que deu hoje. Um valioso e de renome gestor cultural, um homem solvente e criativo à frente do Ministério da Cultura e Esportes. Temos muito trabalho pela frente”, escreveu o primeiro-ministro espanhol, no Twitter.

O antigo governante é acusado de ter defraudado o Tesouro espanhol em 218 mil euros. A notícia das irregularidades com a ‘Hacienda’ foi avançada hoje pela agência espanhola “EFE”, que adiantou ainda que o agora ex-ministro, empossado há menos de uma semana, já liquidou o montante de 366 mil euros a que foi obrigado a pagar aos cofres públicos de Espanha e que estava em dívida.

Màxim Huerta recorria a uma sociedade, a Almaximo Profesionals de la Imagen SL, que lhe permitia uma menor tributação de um rendimento que auferia enquanto jornalista na cadeia de televisão Telecinco, com a participação no Programa de Ana Rosa, de acordo com a informação veiculada pela imprensa local.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB