Jogo Benfica vs Porto rende 25 milhões de euros à economia portuguesa

O Gabinete Estudos de Marketing para Desporto do Instituto Português de Administração de Marketing concluiu que a partida de sábado vai ter um significante impacto económico.

O próximo jogo do Sport Lisboa e Benfica (SLB) e do Futebol Clube do Porto (FCP) vai render à economia portuguesa 25 milhões de euros, prevêem os cálculos mais recentes do Gabinete de Estudos de Marketing para Desporto do Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM), apresentados esta quinta-feira pela TSF.

De acordo com a estimativa do IPAM, o clássico da I Liga, no qual se calcula a que assistam aproximadamente 65 mil adeptos no estádio e 3,5 e 4 milhões de telespetadores, vai significar 4,1 milhões de receitas diretas e 21 milhões de receitas indiretas. Relativamente às indiretas, em causa estão receitas oriundas de publicidade, assinaturas do canal de televisão do clube, venda de jornais e apostas online. Quanto às receitas diretas, devem-se à bilheteira, aos direitos de transmissão televisiva, bem como publicidade e ações promocionais no estádio.

No ano passado, o mercado de futebol deu ao nosso país um lucro de 225 milhões de euros. Portugal contratou um total de 557 jogadores em 2016 e vendeu 479 futebolistas. Portugal é o sétimo país que mais gasta em todo o mundo: 166,7 milhões de euros gastos, um aumento de 112% relativamente a 2015, segundo a informação que consta do elatório do Transfer Matching System, sistema da FIFA onde são registadas todas as transferências internacionais.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB