JLL Spark lança fundo de 100 milhões dirigido a startups do setor imobiliário

Com este fundo, a consultora pretende investir em empresas que trabalhem em prol da transformação da indústria do imobiliário através da tecnologia.

O “JLL Spark Global Venture Fund”, que acaba de ser lançado pela JLL Spark, divisão da JLL, fará um investimento de 100 milhões de euros em empresas cujo foco é a utilização da tecnologia para melhorias que vão desde o desenvolvimento e gestão, ao arrendamento e investimento do setor imobiliário.

O fundo, acrescenta ainda a consultora em comunicado, vai também ajudar empreendedores, e as suas empresas, colocando-os em contacto com as linhas de negócio e clientes da JLL que lhes proporcionarão feedbacks detalhados e distribuição dos seus produtos, sendo que vai focar-se em investimentos que estão na fase inicial e em Séries A, bem como na seleção de fases posteriores.

A dimensão padrão de investimento poderá variar entre vários centenas de milhares a vários milhões. A JLL Spark direcionará a atenção para startups tecnológicas com produtos que possam ajudar os investidores e clientes da JLL, ou ainda que possam ser utilizados em negócios da JLL numa melhor entrega dos seus serviços.

O fundo está igualmente interessado em empresas que estejam a investir em novos modelos de negócio com bases tecnológicas em áreas de serviço tradicionais da JLL ou aqueles que ajudarão a expandir os seus serviços a novos segmentos de clientes.

Recordando que também a consultora foi empreendedora, sabendo por isso “o quão difícil é trazer um novo produto para o mercado, especialmente numa indústria na qual a adoção da tecnologia tem sido um processo tão lento”, Mihir Shah, Co-CEO da JLL Spark, reforça ainda que o seu objetivo é associar-se aos empreendedores “e ajudá-los a adotar os recursos das linhas de negócio da JLL para que possam ver um rápido crescimento e sucesso das suas empresas, criando, ao mesmo tempo, valor para os clientes da JLL”.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB