Japão: crise das batatas fritas deixa consumidores em pânico

A procura de batatas fritas disparou esta semana no Japão, com os preços a aumentarem cerca de seis vezes ao valor normal.

Isto depois da empresa Calbee ter suspendido a venda de alguns dos produtos mais populares de fritos. Por exemplo, para ter acesso a um pacote de batatas fritas com sabor a pizza teria de pagar 12 dólares no site de leilões Yahoo Japan Corp. Normalmente, um pacote é vendido por 200 ienes (1,8 dólares).

A crise surgiu depois da Calbee, que tem uma quota de mercado de 73%, ter informado que os consumidores que teria de suspender 15 tipos de batatas fritas devido a uma má colheita em Hokkaido, uma região chave da produção. Esta região do norte do Japão foi atingida por um número de furacões no ano passado.

A escassez pode espalhar-se para as cadeias de ‘fast-food’ e restaurantes no que pode mesmo ser a “Crise Batata”, de acordo com o Nikkei jornal.
“Estamos a fazer tudo que podemos para retomar as vendas novamente”, disse Makuuchi Rie, um porta-voz da Calbee com sede em Tóquio, à Bloomberg.



Mais notícias