Jaguar inicia produção dos motores Ingenium a gasolina

A unidade fabril da Jaguar Land Rover no Reino Unido já começou a produzir a nova família de motores Ingenium a gasolina, que no verão deste ano chegarão às gamas de ambas as marcas.

O Centro de Produção de Motores (EMC) da Jaguar Land Rover, uma instalação de mil milhões de libras, comemora hoje a produção do seu primeiro motor a gasolina da família Ingenium, que no verão começará a ser adotada pelas várias gamas de modelos da Jaguar e da Land Rover. A produção do motor a gasolina Ingenium de 2,0 litros e quatro cilindros vai integrar a atual gama de fabrico, composta também pelos motores a gasóleo de dois litros e quatro cilindros de ultrabaixas emissões e com 150 cv, 163 cv e 240 cv. Esta comemoração segue-se ao anúncio feito na passada semana de que o EMC também iria produzir o motor a gasolina de alta performance de 300 cv Ingenium, o quatro cilindros mais potente que a Jaguar Land Rover já produziu e que será montado no Jaguar F-Type.

Trevor Leeks, director de operações do EMC, afirmou: “O início da produção de motores a gasolina constitui um marco para o centro, que pretende fornecer uma série de motores de alta ‘performance’ de ultrabaixas emissões a gasolina e gasóleo para equipar os veículos atuais e futuros da Jaguar e da Land Rover. Igualmente importante, também mostra o impacto incrível da Jaguar Land Rover na economia local, com a criação de 1400 postos de trabalho especializados, prometidos quando inaugurámos a unidade em 2013. De facto, iremos receber o nosso 1400.º empregado no final deste mês.”

Desde que a produção do motor a gasóleo Ingenium começou, há exatamente dois anos, o EMC já construiu mais de 400.000 unidades.

Mais notícias