Já há princípio de acordo: Santa Casa vai entrar no Montepio

Memorando foi assinado por Tomás Correia e Santana Lopes. Santa Casa vai mesmo ter uma posição no Montepio sendo que outras instituições podem aderir.

“O Montepio Geral Associação Mutualista (MGAM) e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) assinaram um memorando de entendimento que tem como objetivo estabelecer uma parceria entre estas entidades no âmbito do desenvolvimento da economia social”, pode ler-se no comunicado remetido para os órgãos de comunicação social ao final da tarde

Nesta informação divulgada à imprensa que o memorando “contempla a possibilidade de uma participação da SCLM na Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) abrindo o caminho para a participação de outras instituições da economia social no capital da CEMG”.

Assim, as duas instituições comprometeram-se em “encetar negociações” para “concretizar a participação da SCML e de outras entidades da economia social na CEMG em moldes que permitam, com pleno respeito pela independência do órgão de administração”.

No mesmo memorando está previsto ainda que as instituições acordam em “analisar o alargamento do seu entendimento a outras áreas, nomeadamente a da saúde e a outras áreas de intervenção e apoio social”.





Mais notícias