Já é possível pedir certidões online (e por metade do preço)

"Estas medidas visam facilitar a vida aos cidadãos e às empresas e, na avaliação que fizemos, será possível poupar 460 mil euros"aos utilizadores", disse Francisca van Dunem, ministra da Justiça.

Pedro Nunes/Reuters

Entrou ontem em vigor a possibilidade de pedir certidões através da internet, no âmbito dos processos dos tribunais judiciais, dos tribunais administrativos e fiscais e dos processos da competência do Ministério Público, noticia hoje o Diário de Notícias.

Para além da comodidade, também é mais barato fazê-lo. Entre 10 a 20 euros (metade do preço anteriormente cobrado), é possível obter os documentos. Esta medida vai permitir que os funcionários tenham mais tempo para realizar outras tarefas, acredita o Governo.

A partir de agora é então possível fazer o pedido de certidão a qualquer hora do dia, sem necessidade de deslocamento. Esta medida, vai ter mais impacto na área das insolvências e nos juízos de execução, uma vez que há milhares de pedidos nesta área, segundo explicou ao DN fonte do gabinete da secretária de Estado da Justiça Anabela Pedroso, que acrescentou ainda que assim “a certidão eletrónica poupará horas de trabalho e operações materiais, seja aos tribunais seja aos interessados”.

“Estas medidas visam facilitar a vida aos cidadãos e às empresas e, na avaliação que fizemos, será possível poupar 460 mil euros”aos utilizadores”, explicou Francisca van Dunem, em abril.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB