IRS: famílias perdem 23 milhões de euros na educação

Reforma do IRS em 2015 reduziu as despesas com educação que os pais puderam deduzir.

As famílias portuguesas perderam cerca de 23 milhões de euros, em 2015, em despesas com educação que não puderam deduzir no IRS. Entre 2014 e 2015, o valor total das despesas deduzidas diminuiu de 285 para 262 milhões de euros devido às novas regras implementadas pela reforma do IRS, segundo noticia esta terça-feira o “Jornal de Notícias”.

Com a reforma, os pais deixaram de poder abater os impostos relativos a material escolar e refeições, o que justifica a diferença. As estatísticas do IRS de 2015, disponibilizadas pela Autoridade Tributárias (AT), revelam também que houve um aumento do número de famílias a reportar gastos com educação. No entanto, o valor deduzido decresceu.

O valor médio que cada agregado familiar deduziu passou de 313 euros em 2014, para 256 euros em 2015, de acordo com o “JN”. O fim das deduções pessoais, até um limite de 213 euros, por despesas gerais familiares também teve impacto nas deduções das famílias já o que o novo limite foi 250 euros. No conjunto dos portugueses, estas despesas reduziram o IRS em 1.326 milhões de euros em 2015, face aos 1.314 milhões de euros em 2014.





Mais notícias