Introdução de espécies endémicas no Caminho das Aboboreiras previne incêndios e aluviões

Prevenir os incêndios e as aluviões é o objetivo da intervenção que o Governo Regional da Madeira no Chão das Aboboreiras, nas imediações da Meia Serra.

Prevenir os incêndio e as aluviões é o objetivo da intervenção que o Governo Regional da Madeira espera concluir, no prazo de um mês e meio a dois meses, no Chão das Aboboreiras, nas imediações do  Poiso.

O investimento preconizado no âmbito do  Programa de Desenvolvimento Rural da Região Autónoma da Madeira (PRODERAM) orçou os 315 mil euros e abrangeu a limpeza de uma área de 80 hectares que vão ser reflorestados com espécies endémicas “pouco combustíveis”, por forma a permitir a infiltração de água, evitando incêndios e reduzindo o risco de aluviões.

Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional, visitou, esta quarta-feira, o local, altura em que reafirmou a aposta na vigilância contínua nas serras, a  iniciar já em Maio ou Junho próximos

 




Mais notícias
PUB
PUB
PUB