Interface tem 120 milhões para fazer chegar inovação às empresas

O novo modelo de financiamento do programa Interface é formalizado pelo governo esta sexta feira no Instituto de Soldadura e Qualidade (Oeiras), um dos 28 centros reconhecidos no programa.

O programa Interface vai ter duas linhas de financiamento dotadas com 120 milhões de euros, distribuídos por seis anos, para fazer chegar mais inovação às empresas em Portugal, informa o “Diário de Notícias” na sua edição desta sexta feira.

O novo modelo de financiamento do programa Interface é formalizado pelo governo esta sexta feira no Instituto de Soldadura e Qualidade (Oeiras), um dos 28 centros reconhecidos no programa.

Em declarações ao “Diário de Notícias”, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, explicou que a meta é “dar estabilidade e permitir que estes centros, que apoiam a inovação das empresas, possam acelerar ainda mais o seu trabalho de transferência de tecnologia para as empresas, possam desenvolver mais projetos de inovação mas principalmente possam desenvolver projetos de inovação em áreas mais avançadas”.

As prioridades definidas são a digitalização, economia circular e eficiência energética.

 






Mais notícias
PUB
PUB
PUB