Imigração para Portugal cresceu 19% em 2017

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras concedeu 29.055 autorizações de residência a naturais de países terceiros à União Europeia em 2017, contra as 24.451 autorizações em 2016.

O ano de 2017 registou a maior subida dos últimos cinco anos no número de imigrantes em Portugal, de acordo com o “Diário de Notícias” desta terça-feira. A emigração cresceu 19% no ano passado, em comparação com 2016.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) concedeu 29.055 autorizações de residência a naturais de países terceiros à União Europeia em 2017, contra as 24.451 autorizações em 2016. Na origem destas entradas estão, principalmente, estrangeiros que trabalham em Portugal, que se juntam a familiares que já cá estavam, que investem, estudam ou fazem investigação.

De acordo com o SEF, os dados ainda são “proviórios” mas não deixam dúvidas de que o número destes cidadãos voltou a subir depois da crise.

Mais: segundo o DN, nos últimos seis anos, quase 150 mil imigrantes regularizaram a sua situação, ficando com portas abertas para o espaço Schengen ao abrigo da legislação da imigração.

 






Mais notícias