Identificado o autor do atentado de São Petersburgo

O comité de investigação russo acredita que se trata de Akbarjon Djalilov, que terá recorrido a uma bomba de fabrico caseiro, com pregos no seu interior, para vitimar o máximo número possível de pessoas numa das linhas mais movimentadas do metro.

Já foi identificado o bombista suicida que terá sido o responsável pelo atentado desta segunda-feira que provocou a morte a 11 pessoas na linha roxa do metropolitano de São Petersburgo. As autoridades acreditam que se trata de Akbarjon Djalilov, de 22 anos, cidadão do Quirguistão.

O comité de investigação russo está a dar o caso como um “ato terrorista” e acredita que Akbarjon Djalilov terá recorrido a uma bomba de fabrico caseiro, com pregos no seu interior, para vitimar o máximo número possível de pessoas numa das linhas mais movimentadas da segunda maior cidade russa.

As autoridades acreditam que o suspeito terá largado do carruagem do metro uma mala que continha cerca de 300 gramas de trinitrotolueno, um explosivo frequentemente conhecido como TNT.

Segundo informação avançada pela agência de notícias russa Interfax, as autoridades estão ainda à procura de um outro homem que terá deixado um outro engenho explosivo na estação de Ploshchad Vosstaniya, que foi entretanto encontrado pelas autoridades e a polícia conseguiu desativá-lo.

PUB
PUB
PUB