Ibersol fecha semestre com lucro de 9,7 milhões de euros

"No segundo trimestre, o mercado de restauração manteve a dinâmica favorável evidenciada no primeiro trimestre, acrescida de um efeito calendário positivo e do contributo da aquisição da Eat Out Group no final de outubro", explica a empresa.

Os lucros da Ibersol subiram para 9,7 milhões de euros, no primeiro semestre do ano, face aos 8,8 milhões de euros registado no mesmo período do ano passado. Segundo dados divulgados à CMVM esta quinta-feira pela detentora de marcas como Pizza Hut, KFC ou Burger King, em Portugal, os resultados foram impulsionados pelo Eat Out Group (EOG), adquirido em outubro.

“No segundo trimestre, o mercado de restauração manteve a dinâmica favorável evidenciada no primeiro trimestre, acrescida de um efeito calendário positivo e do contributo da aquisição da Eat Out Group no final de outubro, o que permitiu que a Ibersol tenha registado um aumento de vendas de restauração de 88,0%”, refere o comunicado da empresa.

O volume de negócios da Ibersol cresceu 89% para 204,4 milhões de euros, em comparação com os 108,1 milhões de euros no período homólogo. O EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – subiu 57% para 25,7 milhões de euros.

Eliminando o efeito da aquisição da Eat Out Group, o crescimento de vendas de restauração no semestre foi de 19,6%, o aumento dos lucros de 58,6% e do EBIDTA de 29,2%.

“Na Península Ibérica, manteve-se a dinâmica de crescimento muito favorável, nomeadamente em Portugal, onde acresce o efeito da alteração da taxa de IVA da restauração a 1 de julho de 2016, que se estima em 4,5% sobre as vendas acumuladas do semestre”, explica ainda. “Por outro lado, em Angola, a partir do segundo trimestre, verificou-se uma inversão da tendência de crescimento”.



Mais notícias