Homeit é a primeira startup portuguesa a financiar-se em tempo recorde na Seedrs

Plataforma que permite gerir remotamente unidades de alojamento local recorreu ao equity crowdfunding para angariar investidores. Campanha atingiu 250 mil euros em apenas quatro dias.

 

A startup nacional Homeit atingiu o objetivo ao captar 250 mil euros por 10% do capital, avaliando a empresa em 2,25 milhões de euros, numa ronda de financiamento que já atraiu mais de 160 investidores, dos quais mais de metade são, até agora, fora de Portugal. A campanha, que em apenas quatro dias entrou em overfunding, vai manter-se ativa durante as próximas semanas.

A Homeit criou uma solução simples, segura e de baixo custo para o mercado dos arrendamentos de curta duração que permite gerir remotamente as unidades de alojamento local. No início desta semana lançou uma operação de venda de ações em equity crowdfunding. O sistema Homeit funciona tanto com as portas da rua como as dos apartamentos, e permite o acesso aos hóspedes e fornecedores através de um de smartphone ou de um sms.

A Seedrs, plataforma de equity crowdfunding europeia, junta empresas e investidores, abrindo assim a possibilidade a qualquer pessoa de investir em ações de novas empresas, Pequenas e Médias Empresas (PME) e startups. Recentemente, a Seedrs anunciou a criação de um mercado secundário para negociação de ações de empresas financiadas através da plataforma. A ferramenta, que estará disponível este verão, vai permitir aos investidores comprar e vender ações e pretende ajudar as empresas a atrair mais capital. A primeira janela de negociação aconteceu no início de junho e teve mais de 138 lotes de ações listados dos quais mais de 54 foram comprados por investidores que procuraram aumentar sua participação acionista nas empresas em que acreditam. A plataforma está aberta a investidores e empresas na Europa, sendo que aceita campanhas e investimento em euros e libras.



Mais notícias