Grupo francês compra Lx Factory

O grupo Keys Asset Management adquiriu o espaço à sociedade Mainside.

O grupo francês Keys Asset Management comprou a Lx Factory à sociedade Mainside. O espaço cultural de Alcântara va à parler français, pois faz agora parte da firma que investe em imobiliário comercial, depois de o negócio ter sido concluído há uns meses, apurou o Jornal de Negócios.

De acordo com o diário de economia, o valor pelo qual a Lx Factory foi comprado ainda não é conhecido mas a empresa quis o empreendimento lisboeta pela rentabilidade do seu conceito. Daí a Keys Asset Management ter avançado para a aquisição da Catumbel, a empresa detentora da Lx Factory.

Ao que o matutino indica, não haverá muitas mudanças a registar depois deste negócio. A mais importante será a requalificação de alguns edifícios e a expansão da oferta, uma vez que existem muitas entidades interessadas em estar presentes no local. A Lx Factory vai ter capacidade para receber aproximadamente 200 empresas.

O Keys Asset Management, liderado por Pierre Mattei e Cyril Garreau, nunca tinha investido antes em Portugal, mas pretendem continuar a aposta nos próximos tempos.

A sociedade de advogados PBBR assessorou o grupo francês Keys Asset Management a nível jurídico, através de uma equipa liderada pelo sócio fundador da firma e responsável pela área de prática de Direito Imobiliário, Pedro Pinto. Os sócios Alexandre Jardim, Sofia Sousinha e Tânia Osório, e as associadas Patrícia Costa Gomes e Isabel Brazão de Castro completaram o grupo que apoiou a empresa.



Mais notícias