Goldenergy admite baixar preços da luz para clientes que voltem ao mercado regulado

O fornecedor de eletricidade do mercado liberalizado anunciou esta sexta-feira que considera importante “ir ao encontro da decisão aprovada este ano pelo Parlamento”.

A Goldenergy admitiu esta sexta-feira baixar os preços das tarifas da eletricidade para os clientes que voltem ao mercado regulado a partir do próximo dia 1 de janeiro de 2018. “Os preços que pratica podem descer para o universo de clientes da operadora que optem pelo regresso à tarifa equiparada ao mercado regulado”, explicou a operadora, em comunicado enviado esta manhã às redações.

A energética adianta que poderá reduzir as tarifas a partir do início do ano para os clientes que optem por aderir aos seus serviços. “O mercado é livre, as pessoas podem mudar de operador as vezes que quiserem com a frequência que entenderem. A escolha pela Goldenergy no quadro de um mercado liberalizado não significa apenas tarifas mais baixas e mais competitivas, que oferecem o melhor preço e as melhores condições”, afirmou o presidente da Goldenergy, Nuno Moreira.

A decisão da Goldenergy surge na sequência das notícias sobre aumentos de preços na eletricidade para os clientes do mercado livre. A empresa explica ainda que “considera importante ir ao encontro da decisão aprovada este ano pelo Parlamento, de possibilitar às famílias que mudaram para o mercado livre de eletricidade possam regressar aos valores de tarifa praticados pelo regime regulado”.

Respostas Rápidas: Afinal, o que vai acontecer aos preços da luz?






Mais notícias
PUB
PUB
PUB