‘GalpGate’: “Viajámos a expensas próprias”, garante Luís Montenegro

Líder parlamentar do PSD afirmou hoje não ter conhecimento de "nenhuma investigação" que o envolva a propósito das viagens ao Euro2016, assegurando que tanto ele como outros dois deputados sociais-democratas viajaram por conta própria.

À entrada para um colóquio organizado pelo grupo parlamentar do PSD sobre “As Freguesias e a Descentralização”, Montenegro foi questionado sobre a abertura de um segundo inquérito do DIAP que, de acordo com uma notícia da SIC, estará a investigar deputados e autarcas por recebimento indevido de viagens, refeições e bilhetes para o Euro 2016, desta vez através da empresa de viagens Cosmos, detida pela Olivedesportos, de Joaquim Oliveira.

“Queria transmitir-vos que não tenho conhecimento de nenhuma investigação, nem eu, nem o senhor deputado Hugo Soares, nem o senhor deputado Luís Campos Ferreira. E estamos muito tranquilos: tal como há um ano tivemos ocasião de explicar, nós não viajámos nem a convite, nem por conta de nenhuma empresa, viajámos a expensas próprias”, assegurou.

“Se há alguma investigação aguardaremos que ela possa concluir aquilo que se passou”, disse, sem responder a mais perguntas.





Mais notícias