Fraude fiscal: Ronaldo será ouvido hoje em tribunal

Cristiano Ronaldo será ouvido hoje, à porta fechada no tribunal primeira instância de Pozuelo de Alarcón, em Madrid. Depois desta audição o Ministério Público decidirá se avança com uma acusação.

No âmbito do processo de suspeita de delito fiscal, em que o internacional português é suspeito de ter defraudado o fisco espanhol entre 2011 e 2014, em cerca de 14,7 milhões de euros, relativos a rendimentos de direito de imagem, Ronaldo será ouvido hoje em tribunal.

A audiência terá lugar no tribunal de Pozuelo de Alarcón, em Madrid, onde será ouvido à porta fechada, às 11h30 (10h30 em Portugal).

Cristiano Ronaldo é acuso de ter criado uma sociedade para defraudar o fisco espanhol, em que cometeu quatro alegados delitos: 1,39 milhões em 2011, mais 1,66 milhões em 2012, a que se juntam 3,2 milhões em 2013 e 8,5 milhões em 2014. Na queixa é acrescentado que estes crimes foram cometidos de forma “voluntária” e “conscientes”.

Depois desta audição o Ministério Público espanhol decidirá se avança com a acusação e qual a pena que irá pedir.

O jogador do Real Madrid já deixou claro que pretende pagar o valor reclamado pelo fisco espanhol.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB