Framie disputa prémio de melhor startup universitária do mundo

Filipe Lima, Mónica Leiras, Cristiano Silva, Tiago Monteiro e António Lisboa são os fundadores da Framie, uma aplicação mobile que visa mudar os hábitos de colecionismo, criando uma rede de coleções fotográficas temáticas para as pessoas completarem com os seus registos. Agora, contam com um apoio de cinco mil euros para desenvolverem o projeto e rumam a Copenhaga, entre os dias 18 e 22 de setembro, para disputar o galardão da “Melhor Startup Universitária do Mundo.

A Framie, startup que acelerou na edição inaugural do Startup Porto Accelerator – programa de aceleração desenhado pela ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários em estreita parceria com o INESC TEC, acaba de conquistar a vitória na edição nacional da Venture Cup. A sessão de pitch realizada na Casa da Música terminou com a distinção do projeto tecnológico na área “ICT & Services”.

A aplicação, que surgiu no âmbito de duas unidades curriculares de Projeto do Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico (MIETE) das Faculdades de Engenharia e de Economia da Universidade do Porto (FEUP e FEP), convenceu a audiência presente com uma solução que confere aos utilizadores com conteúdos a partilhar um desafio que os move e os faz querer explorar e aprender. Em simultâneo, as marcas podem criar coleções e promover a sua oferta de forma mais dinâmica, envolvente e segmentada, estimulando a ação do cliente.

A participação na final internacional da competição vai abrir portas à expansão da startup portuguesa e afirma-se como uma oportunidade privilegiada para contactar com os 35 parceiros internacionais da organização de vocação universitária (universidades, incubadoras, aceleradoras) e os mais de 300 mentores ligados à competição.

A Venture Cup é uma competição organizada por uma associação nascida na Dinamarca e vocacionada para o público empreendedor e universitário. O concurso divide-se em dois momentos de decisão: as etapas nacionais e a final internacional. O segundo momento terá lugar em Copenhaga e vai determinar os vencedores nas diferentes categorias a concurso (ICT & Services, FinTech, GreenTech, entre outras).

2ª edição do Startup Porto Accelerator prestes a arrancar

A segunda edição do Startup Porto Accelerator encerra o período de candidaturas no próximo dia 7 de julho e propõe 17 mil euros em prémios para os finalistas.

Sete semanas de aceleração, seis meses gratuitos de incubação e um programa imersivo de uma semana em Silicon Valley atraem empreendedores para um programa que tem como berço o ecossistema do Porto .

Rafael Alves Rocha, Diretor de Comunicação da ANJE, refere, em comunicado, que o programa “é uma via rápida para o crescimento e o desenvolvimento sustentável de negócios, na medida em que recorre a uma rede de mentores e especialistas com valências em diferentes áreas e provas dadas em vários hubs de empreendedorismo para executar um conjunto de metodologias e desafios focados na realidade do mercado”.

Numa primeira etapa, o Startup Porto Accelerator seleciona os 25 melhores projetos candidatos e concede-lhes um workshop de 16 horas. Terminado, a equipa da ANJE e do INESC TEC escolhe os 15 melhores projetos, que merecem avançar para a aceleração.

Pode ver aqui o pitch efetuado pela Framie no Demoday do Startup Porto Accelerator.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Mais notícias