FBI confirma investigação a alegada interferência russa nas eleições norte-americanas

Diretor do FBI, James Comey, confirmou que o FBI abriu uma investigação sobre as alegadas ligações entre a campanha do presidente norte-americano Donald Trump e Moscovo.

Mike Segar/Reuters

O diretor do FBI, James Comey, confirmou esta segunda-feira que a agência de investigação está a investigar a possibilidade de uma alegada interferência russa nas eleições presidenciais de 2016, inclusive qualquer ligação entre a campanha do presidente norte-americano Donald Trump e Moscovo, noticia a Reuters.

James Comey afirmou no Congresso  que a investigação inclui “a natureza das ligações entre os indivíduos associados à campanha de Trump e o governo russo e se havia alguma coordenação entre a campanha e os esforços da Rússia”, cita a Reuters. 

O diretor do FBI recusou ainda tecer mais comentários por a investigação ainda estar em curso. “Porque é uma investigação aberta, contínua e é classificada, eu não posso fazer mais declarações sobre o que estamos a fazer e cuja conduta estamos a examinar”. 



Mais notícias
PUB
PUB
PUB