Expomadeira: uma feira para todos os gostos

A edição da Expomadeira de 2017 bateu recordes de afluência, com trezentos expositores e cem empresas.

“Olhem para mim. Vejam como trabalha esta esfregona maravilha”, vai dizendo, em tom de brincadeira, Joaquim Vilar que, desta forma, consegue atrair alguns potenciais clientes ao seu expositor.

O ‘Quim das Esfregonas’ é um dos 300 stands em exposição na 34ª edição da Expomadeira que chega ao fim este domingo.

Na mostra que este ano bateu todos os recordes de afluência, estão presentes cem empresas. Há muito para ver até amanhã, desde artigos de limpeza a produtos agrícolas. Até os municípios madeirenses fizeram questão de marcar presença neste certame.

Um dos concelhos presentes na ExpoMadeira 2017 é a Calheta. Noémia Freitas deu a cara, nesta edição, pela Quinta Pedagógica dos Prazeres. “É sempre bom divulgarmos aquilo que é nosso”, refere, apontando para os frascos de compota biológica, um produto muito apreciado pelos visitantes.

A poucos metros, um grupo de miúdos entusiasmados, rodeados pelos pais, concentrava-se à volta de um boneco LEGO com poder de Transformer, num dos stands da Universidade da Madeira que delicia as crianças. Foi assim, durante esta semana, naquele que se revelou um dos expositores mais frequentados.

Mas existem outras vertentes no certame. É o caso da Ferneto. “O principal objectivo é a aproximação ao mercado, estar em contacto directo com os clientes, apresentar algumas das novidades e apreciar as nossas mais valias enquanto empresa”, explicou João Carapinha.

O desporto e a pequenada não ficaram esquecidos.  Artur Brandão recordou a Expomadeira do tempo do Tecnopolo. “Estava com a Escola de Futebol da Madeira (Esfuma). Nessa altura não havia escolas de futebol sem ser nos clubes. Aparecemos do nada sem nenhuma ligação a clubes. E na Expomadeira conseguimos muitos atletas”,  vincou Artur Brandão.

Agora Artur Brandão coordena o futebol do Clube Futebol Carvalheiro. “Estamos aqui mais direccionados para as crianças. Está a ser uma boa jornada de promoção para o clube. O objectivo é promover as nossas actividades da instituição e isso até ao momento está garantido”, acrescentou.

A Expomadeira também é música. A plateia aproveita o espectáculo enquanto bebe e come. A mostra chega amanhã ao fim, num ano de recordes de afluência.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB