Ex-namorada do líder da Coreia do Norte vai preparar espectáculos dos Olímpicos de Inverno

A cantora do grupo pop feminino norte-coreano Moranbong lidera uma delegação que vai preparar os espetáculos culturais dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul. Hyon Song-Wol é apontada como ex-namorada do líder Kim Jong-Un.

A líder do grupo pop feminino norte-coreano Morabong vai liderar uma delegação que viajará no sábado à Coreia do Sul para preparar os espetáculos culturais dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno, anunciou Seul esta sexta-feira.

Hyon Song-Wol, uma cantora que é apontada como ex-namorada do líder norte-coreano Kim Jong-Un, vai liderar uma equipa de sete membros que inspecionará os locais onde os artistas se vão apresentar nos Jogos de Pyeongchang, informou o ministro sul-coreano da Unificação, citado pela AFP.

A Coreia do Norte concordou na semana passada em participar nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang, que se iniciam no dia 9 de fevereiro, a apenas 80 km a sul da zona desmilitarizada que divide a península, num momento de apaziguamento das tensões alimentadas pelos programas nucleares e de mísseis da Coreia do Norte.

As 10 mulheres que compõem a banda de Morabong revolucionaram a cena musical norte-coreana com as suas interpretações de sucessos ocidentais como “My Way” ou a música principal da banda sonora do filme “Rocky”, com um toque especial de violinos elétricos.

Os espectáculos organizados para os Jogos Olímpicos serão os primeiros do tipo desde 2002, quando Pyongyang enviou 30 cantores e dançarinos a Seul para uma manifestação em favor da unificação.

As duas Coreias concordaram em desfilar juntos sob uma bandeira unificada na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno e formar uma equipa conjunta de hóquei no gelo feminino. A constituição desta equipa coreana é considerada um marco na história olímpica.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB