Europac assume controlo de fábrica de embalagens em Córdova

Custo da operação foi de 9,8 milhões de euros, o que representa um múltiplo 'post' sinergias de 5,5 vezes o EBITDA para a Europac, de acordo com os responsáveis da empresa.

A Europac, grupo de origem espanhola que produz cartão (‘kraft’) anunciou hoje que passou a controlar  uma fábrica integrada de embalagens na localizada em Lucena, Córdova, Andaluzia.

Em 2016, esta fábrica produziu 16 milhões de metros quadrados de cartão, faturou 7,6 milhões de euros e gerou um EBITDA de 1,2 milhões de euros, o que representa uma margem de 15,8%.

Segundo um comunicado da Europac, “o custo da operação foi de 9,8 milhões de euros, o que representa um múltiplo ‘post’ sinergias de 5,5 vezes o EBITDA”.

“A Europac vai executar gradualmente um plano de investimentos de 10 milhões de euros para ampliar as instalações, aumentar a produção, adquirir novos ativos e otimizar os atuais”, adianta o referido comunicado, esperando criar 25 novos empregos diretos.

O documento em causa acrescenta que, “com esta aquisição, a Europac amplia a sua cobertura geográfica à Andaluzia, um mercado atrativo onde se destacam sectores estratégicos como a agricultura e alimentação”.

Atualmente, a fábrica, que vai passar a designar-se Europac Packaging Lucena, dispõe de uma onduladora e três linhas de ‘converting’ para a transformação da prancha de cartão em caixas numa nave de 15.000 metros quadrados sobre uma área de 42 mil metros quadrados.

No último exercício consumiu sete mil toneladas de papel e produziu 16 milhões de metros quadrados, entre prancha de cartão e embalagem.

José Miguel Isidro, presidente executivo da Europac, afirma que “a aquisição da fábrica de Lucena é uma consequência da nossa vontade, manifestada em numerosas ocasiões, de crescer no sector da embalagem e dotar de maior coerência a estratégia comercial da divisão ‘packaging’ em Espanha, onde a empresa ainda não tem o peso específico que lhe corresponde”.

O mesmo responsável entende que “a Europac Packaging Lucena é uma fábrica muito rentável, que tem um grande potencial de crescimento”, acrescentando que “o nosso objetivo é converter esta unidade numa referência na sua área de influência”.

Por seu turno, Luis Serrano, ‘country manager’ da divisão ´packaging’ da Europac em Espanha e gerente da nova fábrica, refere que “o nosso objetivo comercial é reforçar o posicionamento atual no sector industrial e abordar mercados onde ainda não estamos presentes, com especial atenção à agricultura e alimentação, sectores estratégicos especialmente relevantes na Andaluzia e que são grandes consumidores de embalagem”.

Neste contexto, a Europac salienta que a fábrica encontra-se estrategicamente localizada no centro geográfico da Andaluzia, com uma área de influência que abarca mercados em Córdova, Sevilha, Almería, Málaga, Jaén e Granada, todas elas a uma distância entre 70 e 150 quilómetros.

As participações do negócio, agora adquiridas pela Europac, estavam repartidas entre a ICOA (Industrias Cartones Ondulados Andaluces S.L.) e a OASA (Ondulados Andaluces, S.A.), duas sociedades complementares dedicadas à produção de prancha de cartão ondulado e transformação da prancha em embalagem.

A Europac gere uma unidade industrial de produção de ‘kraft’ em Viana do Castelo, a antiga Portucel Viana.

Mais notícias