Estado Islâmico apela à intensificação dos ataques durante o Ramadão

Numa mensagem áudio, alegadamente do porta-voz do Estado Islâmico, a organização terrorista pede aos seus seguidores que lancem ataques em todo o mundo durante o Ramadão.

Zohra Bensemra/REUTERS

Numa mensagem áudio distribuída pelo autoproclamado Estado Islâmico, a organização terrorista pede aos seus seguidores que lancem ataques um pouco por todo o mundo durante o mês sagrado do Ramadão, que se iniciou no final do passado mês de maio.

De acordo com a Reuters, que avança a notícia, a voz desta gravação será de Abi al-Hassan al-Muhajer, porta-voz oficial do Estado Islâmico, que enumera como alvos para os ataques os EUA, mas também a Europa, Rússia, Austrália, Iraque, Síria, Irão e as Filipinas.

A mensagem foi difundida através do canal do Estado Islâmico no Telegram, uma aplicação de mensagens encriptadas, e ainda não foi verificada por qualquer entidade independente, mas a voz assemelha-se à de uma mensagem anterior, proveniente deste porta-voz, diz a Reuters.

“Oh, leões de Mossul, Raqqa e Tal Afar, que Deus abençoe os vossos braços puros e caras alegres, ataquem os rejecionistas e os apóstatas e combatam-nos com a força de um homem”, pode ouvir-se na mensagem de al-Muhajer. Refira-se que “rejecionista” é um termo pejorativo usado para referir os muçulmanos xiitas.

“Aos irmãos na fé e na crença na Europa, América, Rússia, Austrália e outros locais. Os vossos irmãos conterrâneos tiveram bons resultados, por isso, tomem-nos como exemplo e façam como eles fizeram.”, conclui a mensagem.

Mais notícias