Está sempre a perder o guarda-chuva? Esta empresa “perdeu” mais de 300 mil

Start up chinesa investiu numa aplicação que permitia a partilha de guarda-chuvas entre os utilizadores.

A startup chinesa investiu cerca de 1,47 milhões de dólares para colocar cerca de 300 mil guarda-chuvas, em 22 cidades diferentes da China, a fim de serem partilhados.

A intenção da empresa era que quando as pessoas estivessem desprevenidas à chuva pudessem recorrer à aplicação para receberem um código, após pagamento ter sido realizado. Esse código permitiria ao utilizador desbloquear um dos guardas-chuva disponíveis para alugar, junto a locais de referência e onde passassem muitas pessoas, como estações de comboio.

A falta de informação sobre os procedimentos da devolução dos guarda-chuvas levou a que as quase 300 mil unidades desaparecessem.

Contudo, a perda não fez abrandar a E Umbrella cujo fundador, Zhao Shuping, planeia colocar mais 30 milhões de guarda-chuva por toda a China, até o final do ano, de acordo com o The Guardian.

A economia de partilha tem vindo a crescer em diversos segmentos de mercado, desde os carros, com a Uber, e às bicletas, às casas e quartos, com o AirBnb



Mais notícias