Empresa portuguesa de cerâmica reconhecida por Bruxelas

Dominó é um exemplo do relançamento da indústria cerâmica com apoios da UE, exportando atualmente 65% da sua produção para 60 mercados.

A Representante da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, vai marcar presença em Condeixa, ao lado do presidente da Câmara Municipal, Nuno Moita da Costa, no próximo dia 24, para explicar os benefícios do investimento europeu, bem como conhecer o impacto real desse investimento na Dominó – Indústria Cerâmica.

O financiamento e o apoio da União Europeia foram fundamentais para que várias empresas conseguissem manter empregos, ultrapassar desafios, inovar e modernizar os seus modelos de negócio, o que significa um crescimento económico para cada uma dessas empresas e para o país.

No âmbito do Fundo Europeu de Investimentos Estratégicos, 13 projetos em Portugal já foram aprovados e foram acordados financiamentos  a numerosas pequenas e médias empresas (PME).

Sediada em Condeixa, a Dominó é um exemplo do relançamento da indústria cerâmica com apoios da UE. Com 180 funcionários, a empresa passou por dificuldades durante a crise. Soube manter empregos e salários, e exporta agora 65% da produção para 60 mercados.

Esta PME superou o complicado contexto económico e financeiro português do período da recessão e elevou o seu negócio ao investir em exportação e tecnologia.

O evento está marcado para o meio da manhã de dia 24 de abril, onde Sofia Colares Alves e Nuno Moita da Costa vão começar por divulgar a iniciativa europeia #investEU (iniciativa que materializa a primeira prioridade da Comissão Europeia – Investimento que fomente crescimento, emprego e inovação).

Posteriormente, segue-se uma visita até às instalações da empresa Dominó, na zona industrial de Condeixa, onde serão recebidos pelo CEO, João José Xavier.

O evento contará com a presença de empresários, académicos, investigadores e representantes de associações locais e nacionais.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB