Empreendedor aposta em versão cool do tremoço

O “velho” tremoço passou por um refresh: imagem renovada e benefícios à saúde relembrados.

A 3Mosso é uma nova marca, com um novo conceito, que chega agora ao mercado nacional e que promete revitalizar o típico tremoço, tido por muitos como um dos petiscos mais apreciados pelos portugueses.

A ideia de conferir a este snack tradicional um toque cool e gourmet pertence ao empreendedor (assim se define o próprio ao Jornal Económico) Diogo Campos Costa. Tudo começou na passagem pela Holanda, na condição de estudante Erasmus nesse país, altura em que se apercebeu da falta deste snack nessas paragens. Agora, com 23 anos, decide lançar esta marca, defendendo que vem colmatar uma necessidade neste campo.

Apesar de considerar que o empreendedorismo é visto como um fenómeno ou moda, Diogo Campos Costa assume-se empreendedor e garante que no seu caso esperava apenas pelo final dos estudos para se poder dedicar a 100% a este e outos projetos. “Há uns atrás desenvolvi um projeto de controlo de sistemas de rega ao qual não dei continuidade e hoje já existe uma empresa que desenvolve algo do género. Gostaria de ver com eles como posso desenvolver mais este projeto. Tenho também um outro projeto em aberto, iniciado em 2016, de cidra de Pera Rocha, ao qual regressarei em breve”, explica.

O 3Mosso, que Diogo Campos Costa pretende internacionalizar e por isso está a negociar com uma cadeia de distribuição brasileira e com lojas gourmet em França, vai estar no dia 2 de junho no concerto de Guns N’Roses e nos festivais de verão, nas variedades simples, alho e orégãos ou picante (receitas desenvolvidas também por si), e será servido numa embalagem de papel, concebida de forma a conter, de um lado, os tremoços, e do outro as cascas, evitando assim a colocação de lixo no chão. “Uma embalagem a pensar no meio ambiente e que é feita em Portugal, aliás, todos os parceiros deste projeto, são 100% nacionais”, acrescenta Diogo Campos Costa, reforçando que também foram desenvolvidas uns moldes em cerâmica destinados a vender o produto em restaurantes, lojas gourmet e no futuro também no Aeroporto, que nasceram em São Pedro do Curval.
As mais-valias deste produto passam ainda pelo facto de ser um alimento saudável que contém pouca gordura, rico em proteínas e fibras.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB