Emissão de dívida a dez anos com taxa de juro de 4,3%

Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública determinou as condições da primeira emissão de dívida de 2017, que é também a primeira do género em quase um ano.

D.R.
D.R.

A nova emissão de dívida pública que está a ser realizada esta quarta-feira pelo Tesouro português superou no início da manhã os 5.300 milhões de euros, com uma taxa de juro a rondar os 4,3%, de acordo com a agência Reuters. A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) prevê emitir três mil milhões de euros em divida a 10 anos junto de investidores internacionais.

O Estado português apontou para uma taxa de juro entre 355 e 360 pontos base acima da referência na zona euro, que estava esta manhã perto dos 0,69%. O valor acabou por ser fixado nos 352 pontos, de acordo com a IGCP. Assim, os investidores estão a comprar obrigações do tesouro português com maturidade em abril de 2027 e vão receber uma taxa de juro perto dos 4,3%, incluindo o prémio de risco.

Só no fim das operações que envolvem bancos nacionais e internacionais – Novo Banco, BBVA, HSBC, JP Morgan, Morgan Stanley e Societé Générale – se vai saber o montante total emitido. Se se concretizar a emissão de três mil milhões de euros, significará a emissão de 20% do total de emissões de obrigações do Tesouro previstas para este ano.

A agência de gestão de dívida pública portuguesa tinha já anunciado esta terça-feira que as necessidades líquidas de financiamento do país atingirão em 2017 os 12,4 mil milhões de euros. “Um montante entre os 14 a 16 mil milhões de euros será obtido via emissão bruta de OT, combinando sindicatos e leilões, assegurando emissões mensais”, divulgou o IGCP.

“Os leilões de OT terão a participação dos Operadores Especializados de Valores do Tesouro (OEVT) e Operadores de Mercado Primário (OMP) e serão realizados à 2ª, 4ª e 5ª quartas-feiras de cada mês. O montante indicativo e as linhas de OT a reabrir serão anunciados ao mercado até 3 dias úteis antes do leilão”, revelou ainda a instituição liderada por Cristina Casalinho.

No programa de financiamento do país para 2017, o IGCP disse que o montante de empréstimos líquidos este ano inclui os 2,7 mil milhões de euros que o governo já tem destinado para capitalizar o banco estatal Caixa Geral de Depósitos este ano. Este valor inclui 2,7 mil milhões de fundos associados à recapitalização da CGD, que já se encontram financiados.

“A estratégia de financiamento para 2017 centrar-se-á na emissão de títulos de dívida pública nos mercados financeiros em euros com realização regular de emissões de Obrigações do Tesouro (OT), para promover a liquidez e um funcionamento eficiente dos mercados primário e secundário. Oportunidades para realizar operações de troca e recompras de títulos serão exploradas. Na Estratégia de Financiamento para 2017 o IGCP também antecipa uma contribuição positiva de 1,5 mil milhões de euros de produtos de retalho”, pode ler-se no site do IGCP.

Em 2017, espera-se que o financiamento líquido resultante da emissão de Bilhetes do Tesouro resulte num impacto nulo. Será mantida a estratégia de emissão ao longo de toda a curva, combinando prazos curtos com prazos longos. O IGCP manterá a realização de leilões mensais de BT na 3ª quarta-feira de cada mês e, se a procura de investidores o justificar, pode usar também a 1ª quarta-feira”, revela o comunicado.

Poderão ainda ser realizadas emissões no âmbito do programa EMTN, em função das oportunidades de mercado que se enquadrem na estratégia de financiamento, acrescenta a agência. A última emissão de dívida pública a 10 anos aconteceu há um ano e incluiu quatro mil milhões de euros em obrigação a uma taxa de juro de 2,973%.

  • Adão Ferreiro

    Se a subida dos juros é temporária (Centeno dixit), seria melhor não fazer novas emissões e ir gastando a “almofada”, ou ninguém acredita nisso?

    • FernandoAlves

      É claro que sim, mas enquanto a malta anda embriagada com as reversões e com o teórico aumento do poder de compra, isso vais passando despercebido aos menos atentos, se é que isto é uma questão de atenção!

    • NovoNick

      Vá estudar, ignorância não é nenhuma benção.

  • Luís M. Carvalho

    A troica já deve estar a escolher a roupa que vai usar em LX, afinal o tempo por cá é sempre melhor que no norte da Europa.

    • FernandoAlves

      Não. Estão é a procurar comprar casa porque desta vez já não justifica arrendar, dado que vão ficar muito mais tempo!

    • pjcm

      kerias mais um esquema tipo rapazola do pin a chamar o diabo para irem para o poleiro? não metes lá os cotos tão cedo! os aziados tentam de novo o esquema utilizado em 2011, terrorismo político, criar crise política para dar cabo do país. Traidores aziados pafiosos e burros!!!!!!

      • Luís M. Carvalho

        Em parte é graças a pessoas como tu que se fazem obras impossíveis, mas infelizmente essas são mais raras que a catástrofe que se avizinha.

  • Calma malta…

    A este preço se calhar não poupamos nada em pagar antecipado ao FMI… demoraram tanto tempo que agora isto já não fazia sentido nesta altura…. é só mais uma no currículo do Babusha…

  • Santos

    Isto está a ir por muito mau caminho…
    Como é que Portugal consegue pagar juros de 4,3? Impossivel! A nossa economia não aguenta.
    Reparem que até agora a taxa média de juro que pagamos é 3,7%. Não há volta a dar: estamos falidos!
    É melhor o Costa e o Marcelo assumirem isto de vez, em vez de continuarem a mentir ás pessoas.
    Quanto mais tempo demorarem a pedir ajuda à troika, pior será. Já foi assim com o Socrates.

    • pjcm

      kerias mais um esquema tipo rapazola do pin a chamar o diabo para irem para o poleiro? não metes lá os cotos tão cedo! os aziados tentam de novo o esquema utilizado em 2011, terrorismo político, criar crise política para dar cabo do país. Traidores aziados pafiosos e burros!

      • Calma malta…

        os de 2011 mandam hoje no governo, com alguns sapos mas mandam alguma coisa… por isso estamos mal.. vá poupando pra e guarde estas noticias pra depois não dizer que a culpa é dos outros….

        • pjcm

          OK.

      • Delfim Rodrigues

        Olha a parede ceguinho….

  • Calma malta…

    Juros a 4,3%??? já fomos… é que ninguém ignora a conjetura económica internacional a não ser este governo que acha que esta tudo bem por cá… o problema é dos outors não é nosso… nós estamos em paz… estamos bem…

    • pjcm

      é como a crise financeira mundial de 2008 ou a crise das dívidas soberanas de 2010, o culpado foi o Sócrates. Agora são estes os culpados – porra que os governos de Portugal dão cabo do Mundo! LOLOLOLOLOL o que conseguiu o desgoverno do rapazola do pin? NADA!

      • Calma malta…

        vc agora arranja crises a torto e a direito… e azar do caraças é sempre quando la esta o seu partido no poder.. grande azar….

  • FernandoAlves

    Espero que haja um ministro de finanças com eles no sítio que pare esta brincadeira logo que isto chegue aos 5,0% senão… ou então que a DBRS faça cair o castelo de cartas. Espero que não o faça mas a verdade é que sempre assumiram o incómodo de ver as yelds a 10 anos acima dos 4,0%. Veremos como estarão as coisas em Fevereiro…

    • ANONIMO

      O incómodo é mais em relação ao prémio do que em relação a uma taxa propriamente dita.

      Como se pode ler na notícia, o prémio em relação às bonds Europeias ronda os 350 pontos. O que se antecipa é que todos os juros subam ao mesmo tempo que diminui o prémio durante 2017.

      Ou seja, mesmo com juros acima de 4%, antecipa-se uma melhoria pelo menos nos outlooks das 3 grandes agências de rating, que só não o farão já em 2017 caso achem que a situação da saída “limpa” na banca ainda esteja longe da solução.

      O governo anterior (PSD e CDS) antecipava taxas médias acima dos 4.5% no fim do programa de ajustamento, ou seja, um regresso aos valores pré-crise, que são normais.

      O que não é normal é que continuemos mais anos a financiar a Alemanha e companhia com taxas de juro próximas de zero ou negativas, mas por outro lado isso é também um reflexo da baixa confiança no regresso ao crescimento na zona €uro. Quantos anos durará efetivamente esta estagnação secular? Ninguém sabe!

      • José, Província

        Não ronda o 350 mas ultrapassa os 370.

        • Trumputin.

          Véumdh.

        • ANONIMO

          352 pontos (3.52%) acima da referência europeia de 0.69%, tal como diz na notícia.

          • José, Província

            De 0.26% (Alemanha) para 4.3% dá mais um bocado até dos 370, eu até estava a ser otimista.

          • ANONIMO

            A Alemanha não é a referência Europeia. Uma coisa é não saber, algo normal porque ninguém é obrigado a saber tudo, outra bem diferente é ignorar o que está escrito na notícia, que é factual, e ainda contraria quem lhe tenta explicar… isso já é só estupidez…

            0.605% = juros de referência na Europa
            4.125% = juros desta emissão de OT a 10 anos
            4.227% = juros + taxa “mid-swap” de 0.102%
            4.125% – 0.605% = 3.520% ou 352 pontos base de diferença

            Volto a citar a notícia:
            «pontos base acima da referência na zona euro, que estava esta manhã perto dos 0,69%. O valor acabou por ser fixado nos 352 pontos, de acordo com a IGCP»

            Entretanto, como é normal após estas operações, o valor dos yields nos mercados secundários já voltou a descer, finalizando o dia nos 3.966% depois de ter começado nos 4.088%, segundo o Investing.com.

          • José, Província

            Está a ficar confuso com tanta taxa de referencia, 0.605, 0.69, 0%.
            Uma coisa sei a taxa paga esteve acima 404 ponto da taxa de referencia que é a Alemanha. Mas tome a referencia que bem entender esta taxa a 10 anos só está a piorar.
            Já agora eu tenho essa taxa a 4.05% sem ser em contratos pela diferença e em fazedores de mercado.

      • Revoltado

        Os Diabos ainda são muitos…ou são sempre os mesmos?

      • NovoNick

        Como é que alguém que escreve este comentário também escreve o comentário acima? No entanto, na actual conjuntura esqueça tudo o que escreveu, única solução é dispor das condições necessárias para um default não afectar a economia, a especulação contra a dívida soberana portuguesa aumentará e de forma significativa durante o primeiro trimestre.

      • FernandoAlves

        Você acredita mesmo que as agências de rating vão mudar a notação de Portugal em 2017? Nem por sombras…

  • pjcm

    kerias mais um esquema tipo rapazola do pin a chamar o diabo para irem para o poleiro? não metes lá os cotos tão cedo! os aziados tentam de novo o esquema utilizado em 2011, terrorismo político, criar crise política para dar cabo do país. Traidores aziados pafiosos e burros!!!

    • FernandoAlves

      Pois…. está certo! Até parece que o Vlad tem o poder de chamar o Diabo?! Ele vem quando a DBRS quiser e nós fizermos por isso!! Isso da “culpa é dos outros” já cansa!

    • Bono Marilu

      sim sim

      • pjcm

        organza? metade ganza metade orgasmo? LOLOLOLOLOL

  • pjcm

    Os juros aumentaram para vários países da UE. Ou o BCE se põe em marcha ou vários países vão começar a sair da UEM e a tender para o fim da UE.

    • Delfim Rodrigues

      Não percebi, também aumentaram na Venezuela?

  • José, Província

    E logo 5.3 mil milhões será que estão à espera que as taxas subam ainda mais?
    Já os 2.98 de há um ano tinha sido demasiadamente elevado. Para quê emitir divida agora se como diz o Derrotado Costa,pm as taxa iam se calhar ajustam para cima?
    Não havia necessidade principalmente porque se antecipou o pagamento de divida ao FMI a taxas inferiores.
    É a geringonça pois claro.
    Onde já vi isso pegar no País com mínimos históricos na divida e desbaratar tudo? Pois foi de Março de 2005 a junho de 2011. O pessoal do governo era o mesmo tirando o nº um que passou a 44.

    • pjcm

      Aldrabão aziado sem carácter! Vai ver os indicadores económicos e financeiros de Portugal de 2005 até à crise financeira de 2008 e depois à crise das dívidas soberanas em 2010 e depois às directivas da UE como resposta às duas crises e depois falamos. Escreveres estas coisas sem contexto ou enquadramento é para papalvos!

      • Delfim Rodrigues

        Larga o panfleto tonto.
        O teu amigo escriva sem carisma phodeu esta mertha toda.
        Ele e os seu compinchas fartaram-se de roubar o triste povo português.

      • José, Província

        sr CM anda à deriva em Fevereiro de 2005 as taxas de juros a 10 anos batiam mínimos históricos até data, depois foi sempre a subir, em 2015 as taxas de juros a 10 anos batiam novos mínimos históricos 1.5% agora é sempre a subir. esqueça a UE quem provocou o buraco foi o governo de socrates e quem o está a provocar novamente é o mesmo governo.

        • pjcm

          2015 foi o BCE! Vai ver o resto do ano! ou os anos de 2012 a 2014!

          • José, Província

            Não me diga que o BCE fechou para obras.
            Claro que o BCE ajudou mas hoje ainda ajuda e as taxas sobem.
            Todos os países do Euro tiveram descidas em 2016, até a Grécia, Portugal foi a única exceção.
            O diferencial para a Alemanha, referência para as taxas de juros, está ao nível de 2011.
            Olhe fale das taxas a 6 meses que essas estão bem boas.

          • Trumputin.

            Véumdh.
            … …
            … …

        • Trumputin.

          Véumdh.
          …..
          …..

    • Trumputin.

      Véumdh.

    • oleg

      Obviamente as taxas vão subir mais, provavelmente para cima dos 7%.
      Temos de pagar o socialismo e os tachos da sua corja.

      • ANONIMO

        Portanto, a sua “lógica” é que vamos pagar mais juros porque temos o défice mais baixo de sempre, a dívida líquida a descer finalmente e o crescimento a recuperar?

        Tá bem abelha…

        • oleg

          vamos pagar mais porque temos a corja socialista a sugar-nos o sangue

          • Jorge

            O 1ºMinistro António Costa vem da Índia, não vem da Transilvânia, LOL

          • oleg

            cantando e rindo vai mas é levantar o que tens na CGD para o Costa não to confiscar

          • Pinto Roxo

            Nem todos gostam de sugar pichas como tu.

          • oleg

            fala por ti

        • armindo

          bem mais baixo de sempre porque o anterior governo fez o trabalho de casa teve que baixar um defice de 11.2% para 3.2% de defice em 4 anos, baixar menos umas decimas também não sera assim tão dificil, com uma divida de 115%

          http://sol.sapo.pt/artigo/115917/socrates-deixou-um-defice-recorde-de-11-2-e-so-soube-disso-hoje

          https://www.youtube.com/watch?v=7t1EAZ7GXUI

        • Danysan

          A dívida líquida a DESCER!!!?
          O crescimento a recuperar !!!?

          Tenha vergonha!!

    • ANONIMO

      5.3 mM€ é a procura. A notícia ainda não fala quanto será efetivamente emitido pelo IGCP, especulando apenas um valor em torno dos 3 mM€. Com o fim do Q.Easing mais rápido em Portugal, temos de comparar com os 4.3% com as taxas nos períodos sem esta ajuda do BCE, e a conclusão é que são o regresso à normalidade na zona €uro.

      No último boletim do IGCP, temos todas as emissões deste tipo (OT) a 10 ou 11 anos:
      OT 4.35% 16 Out 2007/2017 – 6.6 mM€
      OT 4.45% 15 Jun 2008/2018 – 8.2 mM€
      OT 4.75% 14 Jun 2009/2019 – 10.1 mM€
      OT 4.8% 15 Jun 2010/2020 – 10.7 mM€
      OT 5.65% 15 Fev 2013/2024 – 12.1 mM€
      OT 2.875% 15 Out 2015/2025 – 11.9 mM€
      OT 2.875% 21 Jul 2016/2026 – 7.3 mM€

      E já agora a 15 ou 16 anos:
      OT 3.85% 15 Abr 2005/2021 – 13.6 mM€
      OT 4.95% 25 Out 2008/2023 – 8.6 mM€
      OT 3.875% 15 Fev 2014/2030 – 4.9mM€

      E a 30 ou 31 anos:
      OT 4.1% 15 Abr 2006/2037 – 8.6 mM€
      OT 4.1% 15 Feb 2015/2045 – 3.0 mM€

      • José, Província

        Mais uma vez agradeço a confirmação do que eu escrevi.
        Não e esqueça que há emissões que fazem parte do cupões existentes que não refletem as taxas de emissão mas sim a original, só para lembra e para o sr não meter muita agua.
        É que lhe faltam muita emissões.

        • Trumputin.

          Véumdh..
          ….
          ….

      • José, Província

        ..

        • Trumputin.

          Véumdh.

      • Ignorante

        Então podemos estar descansados que o governo está a fazer um bom trabalho e ainda vai melhorar!

    • Trumputin.

      Véumdh.
      ..
      ..

    • NovoNick

      Tenha vergonha na cara província, BCE gastou mais de 75% do QE com o seu governo de corruptos e deficientes cognitivos.

      • José, Província

        Acho que está equivocado sr ex-Ass foram os 100%.

  • José, Província

    Emitam a 6 meses que podem ter taxas negativas.

    • Trumputin.

      Véumdh.
      ..

    • Ignorante

      Devia ser engraçado ver 250 bis a rolar de 6 em 6 meses … mas com a geringonça nunca se sabe … o melhor é falar baixinho!

      • José, Província

        Uma geringonça é capaz de tudo só se lucrava (aparentemente) aparentemente também devíamos lucrar com a antecipação ao FMI. Bem em 2011 tínhamos cerca de 45 mil milhões em BT’s, o palerma do Passos é que reduziu para 15 mil milhões.
        Se o socrates fez o derrotado Costa,pm faz melhor!

  • Tino

    4,3% ou 43% é indiferente se o euro está para implodir e a ideia é não pagar.
    Não saquem o dinheiro do banco não e vão ver como elas mordem!!!!!
    Passos bem avisou que se queriam taxas de juro baixas era fazer uma reforma estrutural de alto gabarito, ou seja deixar de pagar aos reformados, pensionistas funcionários públicos,fechar hospitais, escolas e no sector privado trabalhar 12h durante 15 dias sem remuneração, bastava que ficassem as subvenções, fundações e as reformas dos políticos e claro a AR.
    Vamos nessa !!!!

    • pjcm

      e guerra civil não?

      • oleg

        a guerra civil não te vai encher a barriga, calhorda

      • KeridoLíder

        Parabéns pela intervenção mais parva do dia.

    • pjcm

      Portugal só teve juros relativamente baixos de Dez 2014 a Maio 2015 devido ao BCE. De resto é sempre juros altos.

    • Delfim Rodrigues

      Sem tino, a coisa tás a complicar prós teus marmanjos.
      O mais engraçado é que o menino quer tudo sem produzir nada.
      Prepara-te vais ter que arrear as calcinhas….

  • José, Província

    A culpa é do Benfica!

    • Trumputin.

      Véumdh.
      .

  • DD

    Um país que só se preocupa com números. Qualidade e pessoas já eram. Passado. Lindo mundinho que se construiu. Viva ao país artificial até 2027. Endividar-se para sobreviver, como sempre.

    • oleg

      Vamos assistir à cubanização da vida portuguesa.
      Dieta vegetariana e meninas no trottoir.

  • Paulo

    É o diabo. E da próxima vez vai sair bem mais caro à função pública e reformados. Porque a última quem pagou quase a totalidade da fatura foram aqueles que ficaram sem emprego. Mas esses já pouco mais podem pagar.

  • Xuxalista

    A partir de 2.5% é trabalhar para aquecer. A 4.3% é a miséria de um povo!

    Quanto mais cedo chamarem de novo o FMI, menor vai ser a agonia. O povo não aprende: A esquerda já chamou 3 vezes “auxilio externo”, mas está a caminho da quarta vez!

    • pjcm

      kerias mais um esquema tipo rapazola do pin a chamar o diabo para irem para o poleiro? não metes lá os cotos tão cedo! os aziados tentam de novo o esquema utilizado em 2011, terrorismo político, criar crise política para dar cabo do país. Traidores aziados pafiosos e burros!

      A DBRS falou em 4% e tu dizes 2,5. Porra quem és tu? Um aziado a chamar pelo diabo, verdade?

      • Xuxalista

        Quando a divida a 10 anos ultrapassa os 2.5% é trabalhar para aquecer. Fui claro! Não tenha dúvidas que vai rebentar. A 4.3% é queda livre!

        A DBRS na próxima revisão do rating… vai ser bonito vai: Miséria de um povo!

        • Cipião Numantino da Boina,

          Nem a DBRS te vá lhe.
          Pafioso ressabiado.

      • Delfim Rodrigues

        Xuxa… xuxa na piroka que a teta tá seca,
        Escusas de te babares todo, porque vais ter de o engolir.

      • FernandoAlves

        blá…blá…blá… whiskas saquetas!!!

        • pjcm

          cantas bem…

  • Eu mesmo

    É o xuxalismo do derrotado oportunista Bosta (a.k.a. porco da india)…. o que é que esperavam?
    RUA Bosta!

    • Cipião Numantino da Boina,

      Mais um pafioso dentro da linha habitual, racista e fascista.

      • José Silva

        Oh ignorante, antes mil vezes ser pafioso do que ser mafioso como são os que te seguem e conseguem ler as tuas asneirolas. Vê se emigras para o teu paraiso comunista da Venezuela ou ainda melhor a Coreia do Norte, mas leva algo de comer para não morreres de fome.

        • Cipião Numantino da Boina,

          Mais um argumento que revela um salazarista /pafioso/racista, seguidor do grande líder de Massamá.

          • José Silva

            Olha que , olha que não, és um salazarista/fascista das extremas esquerdas, que segundo António Barreto do PS, comunistas são iguais a fascistas Salazaristas. Viste quem são os inimgos da democracia e que contribuem para bancas rotas, são os fascistas das esquerdas radicais.

          • Cipião Numantino da Boina,

            António Barrete?
            Sim és tal e qual o Marreta, ainda por cima, só recitas o que te debitam.
            Carregas a cabeça no meio dos ombros, apenas para decoração.
            Coitado.

          • José Silva

            Como ainda consegues ser pior que a geringonça que adoras, daqui para a frente és tão ignorante que nem mereces resposta mesmo com os teus insultos habituais. Fala de futebol/benfica que disso percebes tu. porque de politica és um zero á esquerda.

          • Cipião Numantino da Boina,

            ” daqui para a frente és tão ignorante ” como é que tu que és ignorante, daqui para trás e daqui para a frente, podes entender alguma coisa de politica?

  • oleg

    Bosta vai demitir-se antes disso para tentar a maioria absoluta. Talvez no 2º semestre.
    Vão é tirando a massa da CGD, dos certificados de aforro e de toda a banca portuguesa.
    Vem aí chuva grossa.

    • Joao Mateus

      E mete-se onde? No Novo Banco?

      • oleg

        o melhor é ter o dinheiro em casa
        o BES faliu

      • Revoltado

        Gastem pá….se começarem a gastar e a ter as coisas que nunca tiveram por causa da poupança…vão ver outra realidade, outra vida…como eles fazem embora que com o nosso dinheiro…mas é tão bom gastar…eu não vou parar mais…desde que fui roubado agora é no final do Mês recebo e toca a gastar quero lá saber…se eles podem eu também posso…com o meu metido na banca é que nunca mais……trabalhem Emigrem..façam alguma coisa com suor..

    • Revoltado

      2017 o Ano da catástrofe…

    • NovoNick

      Bosta, continue a rezar que talvez aconteça… mas só no seu universo de álcool e linhas de branca do Coelho dos corruptos passos – ai aguenta aguenta.

  • Bono Marilu

    a geringonça no seu melhor, pagar por dinheiro emprestado 4,3% significa que mais uma bancarrota se aproxima, claro que daqui adez anos tem de pagar e estarao outrosno poleiro. O segundo resgate e outra troika estao muitom pertto mas com o babush e marcelo so quando as coisas tiverem mesmo a rebentar eles assumem, alias como com socrates, OS ERROS ESTAO A REPETIR SE DE FORMA SISTEMATICA O DESASTRE ESTA IMINENTE Mas nao parece para alguns.

    • Cipião Numantino da Boina,

      Que pena que não saibas fazer contas, por isso só te resta berrar a tua ignorancia.

  • ANONIMO

    5.3 mM€ é a procura. A notícia ainda não fala quanto será efetivamente emitido pelo IGCP, especulando apenas um valor em torno dos 3 mM€. Com o fim do Q.Easing mais rápido em Portugal, temos de comparar com os 4.3% com as taxas nos períodos sem esta ajuda do BCE, e a conclusão é que regressamos à normalidade na zona €uro.

    No último boletim do IGCP, temos todas as emissões deste tipo (OT) a 10 ou 11 anos:
    OT 4.35% 16 Out 2007/2017 – 6.6 mM€
    OT 4.45% 15 Jun 2008/2018 – 8.2 mM€
    OT 4.75% 14 Jun 2009/2019 – 10.1 mM€
    OT 4.8% 15 Jun 2010/2020 – 10.7 mM€
    OT 5.65% 15 Fev 2013/2024 – 12.1 mM€
    OT 2.875% 15 Out 2015/2025 – 11.9 mM€
    OT 2.875% 21 Jul 2016/2026 – 7.3 mM€

    E também a 15 ou 16 anos:
    OT 3.85% 15 Abr 2005/2021 – 13.6 mM€
    OT 4.95% 25 Out 2008/2023 – 8.6 mM€
    OT 3.875% 15 Fev 2014/2030 – 4.9mM€

    E a 30 ou 31 anos:
    OT 4.1% 15 Abr 2006/2037 – 8.6 mM€
    OT 4.1% 15 Feb 2015/2045 – 3.0 mM€

    • JoseGomesL

      Qual normalidade??? A da bancarrota????

    • pTrin01

      Normalidade, claro!!

    • Revoltado

      As coisas que nós sabemos !!!

    • NovoNick

      Por acaso não acabou de escrever sobre a liquidez do mercado pré-QE e pós-QE serem idênticas, pois não?

      • ANONIMO

        Não falei em liquidez, falei nas taxas de juro e na normalidade que é a sua subida, para todos os países da Europa, à medida que o Q.Easing vai acabando.

        • NovoNick

          A liquidez que QE introduziu continuaria no mercado, mesmo que passasse a zero imediatamente.

          • ANONIMO

            Não é assim que funciona. O BCE injeta liquidez, mas não diz para onde ela se direciona!

            As yields sobem ou descem se há respetivamente procura para comprar ou para vender.

            Desde as eleições dos EUA que a tendência é de forte sell-off (venda), pelo que os juros (yields) subiram, exatamente porque havendo menos procura e mais gente a vender, os valores das bonds descem.

            Nos mercados periféricos, em especial Portugal devido à dívida e à banca, esse feito tem sempre maior amplitude.

            À medida que o Q.Easing abranda, por mais liquidez que exista, se abranda mais depressa para Portugal, por já estar mais perto do limite de compras do BCE, então há menos procura para a compra das nossas bonds.

            Isto verifica-se também, mas com menor amplitude, nas yields da Alemanha, que passaram de -0.15% no final de Setembro de 2016 para +0.25% neste momento, ou seja, uma subida de 40 pontos base em pouco mais de 3 meses.
            Neste período, Portugal passou de 3.3% para os atuais 4%, uma subida de 70 pontos base, em linha com o que se passa no resto da zona €uro, e portanto normal.

          • NovoNick

            Um conto de Hans Christian Andersen não é tão dissociado da realidade como o seu comentário. Entreviste diferentes tipos de institucionais por forma a obter uma aproximação [ainda que muito] por defeito do seu erro. Caso continue em dúvida, muito provável tendo em conta que utilizarão uma linguagem para si alienígena, tenha em conta que a Pimco é universalmente conhecida por liquidar dívida soberana para participar em pitches de start-ups tecnológicas, e a Bershire Hathaway é universalmente conhecida por liquidar blue-chips para adquirir treasury bills, mas apenas no universo paralelo produzido pelo álcool e linhas de branca do Coelho dos corruptos passos. Desça à Terra camarada de geringonça, a Samsung que supostamente fabrica telemóveis, televisões e frigoríficos apresentou uma módulo para alimentação de veiculos eléctricos duas vezes mais eficiente que a bateria mais eficiente da Tesla, o facto de existirem alguns caranguejolas não faz com o planeta páre.

        • JoseGomesL

          Também o Sócrates também se foi desculpando com os outros, entretanto nesse mesmo tempo houve países que tiveram crescimento económico sem irem à bancarrota.

    • armindo

      continua a sonhar

    • JoseGomesL

      Está provado, pagam-lhe para andar por aqui a tentar confundir. Parabéns, arranjou uma fácil profissão.

  • serghorpt

    Calma que o nosso ministro das finanças já disse que está tudo controlado, a economia está a acelarar de 1.6 para 1.2

  • xiiiiiiiiiiiiiiiiii

    A parede se aproxima.
    A batida vai ser forte.
    Portugal um país que empobrece alegremente e consumindo com o dinheiro dos outros.
    Triste fim.

    • Cipião Numantino da Boina,

      Já saltaste?
      Hilariante a ignorancia pafiosa.

      • Delfim Rodrigues

        E a tua ignorância é doentia..

        • Cipião Numantino da Boina,

          Ainda não me comparo com o pafioso de Massamá, que te guia.

          • Delfim Rodrigues

            Eu sei, mas posso-te comparar com o piriquito venezuelano que te desguia?

          • Cipião Numantino da Boina,

            Este Delfim seguidor do Pafioso de Massamá, pensa que vive na Venezuela com o seu gangue de direitolos.
            Estás em Portugal tolo.

  • JoseGomesL

    O idiota do “centino” mais o seu tutor o costa comunista, gavaram-se de ter pago em Dezembro mais 500 milhões ao FMI, que cobrava juros de 3% ( que o Passos negociou e baixou de 6% para 3%) e agora vão fazer divida a pagar 4%. Se este governo não está a forçar nova bancarrota, está a fazer o quê???

  • Mário Sousa

    Infelizmente Portugal é um País sem rumo e sem futuro.
    Continuamos a fazer dívida para financiar os clientelismos instalados no aparelho do Estado.
    As reformas estruturais continuam por fazer não existe vontade dos políticos para mexer nos interesses instalados.
    O senhor António Costa foi sempre um funcionário publico bem instalado e com todas as mordomias no núcleo deste sistema não podemos esperar grandes mudanças vindas da sua parte limita-se a mudar alguma coisa
    para continuar tudo na mesma.
    A única coisa que se alterou com este Governo foi protecção á descarada
    do funcionalismo publico com todos os seu privilégios.

    • José Silva

      Funcionalismo publico mas só dos mais bem pagos e dos que trabalham ??? quando lhes apetece, numa vergonhosa caça ao voto, mas nada lhe adianta porque os funcionários publicos não são otários.

  • Revoltado

    EU AVISEI!…Fui eu o primeiro a avisar…risos..

  • Claríssimo

    O povo já se está nas tintas para dívidas, défices e resgates. As classes privilegiadas e sustentadas pelo Estado via CGA é que se devem preocupar, pois mais ano, menos ano, os seus privilégios vão ter fim.

  • NovoNick

    Garantir a qualquer custo um excedente orçamental primário de 2,5% do PIB e um excedente externo na balança de bens e serviços (incluindo Turismo) de 5% do PIB, a arca da transferência do risco de especulação zarpou com a eleição de Trump, temos de estar preparados e dispor das condições necessárias para exigir do mercado um haircut.

    • Calma malta…

      aqui na minha rua há um barbeiro….

    • Castedo Douro

      um haircut e permanente com laca forte

  • NovoNick

    Quem está a precisar de resgate é @disqus_HVgeFFuj93:disqus, mas prudente esperar dentro da sepultura porque a luz solar não perdoa, vive num Verão ártico permanente – ai aguenta aguenta.

  • Castedo Douro
  • Cipião Numantino da Boina,

    Coitados dos pafiosos, são dignos de pena não vêem um palácio em frente dos olhos.
    Não querem esperar pela opinião do incompetente de Massamá, mais a sua maga economista a Marilu?
    Ou a vossa cegueira, é suficiente para nos proporcionarem estas comédias bufas.

    • Delfim Rodrigues

      Coitado de tontos como tu, que ao verem o precipício continuam acelerar.
      Só desejo que sejas o maior sofredor da hecatomba que se avizinha.

      • Cipião Numantino da Boina,

        Enguias pregadoras de desgraças como tu, já estou habituado a aturar desde 26/11/2015.
        Quando deixaram os avençados, de receber do saco azul do governo pafioso.

    • José Silva

      Este anda aqui a confundir e a enganar toda a gente armado em chico esperto. Ele de politica é duma ignorância nunca aqui vista. Será que alguém o leva a sério? Impossivel. Deve ser futeboleiro e de certeza que é do clube da nação benfiquista,

      • Cipião Numantino da Boina,

        Sim sou analista de informação, sou do Atlético Clube de Portugal.
        E com formação politica desde os 16 anos, experiência em teatros operacionais e um dos responsáveis, para que possas grasnar como grasnas em liberdade, mas com inteiro desprezo por ignorantes políticos como tu.

  • Born in 1960

    Esta emissão, antes de atingir a maturidade, será trocada por outras emissões com juros mais baixos. Tem sido sempre até aqui.

  • José Silva

    O Costa nada lhe interessa juros baixos ou juros altos, já que não é ele que paga e além do mais e segundo ele quem vier atrás que se lixe, que corte, que ponha austeridades já que não foi ele o autor da desgraça, foi a geringonça do PS/PCP/BE .

  • Mário Silva

    Espero bem que quem vai dar e levar no cu dessa vez seja os políticos ……. não o zé povinho, eles que vendam e levem na pei d a ! são bem pagos para isso …

  • Ricardo Jorge

    Ainda é cedo. Só lá mais para o fim do ano quando se fecharem as torneiras do crédito!