É colecionador e amante de futebol? Como distinguir se um autógrafo é mesmo do seu ídolo

Em tempo de Mundial a memorabília autografada pode render muito dinheiro, mas cuidado com as fraudes.

2018 FIFA World Cup

O Campeonato do Mundo 2018, que se está a realizar na Rússia, é como todas as competições desportivas um chamariz para colecionadores que olham para chuteiras, luvas e camisolas (ainda que réplicas) de jogadores de futebol como artigos de coleção, representativos de uma era.

A plataforma de leilões online Catawiki diz que o mercado de memorabília “está em alta” e é, por isso, que tem a decorrer um leilão de artigos de antigos e do atual Mundial.

Há uma grande selecção de produtos autografados capazes de fazer “corar” qualquer fã do desporto-rei: um blusão do Mundial’70, assinado por Pelé, por exemplo.

O grande alerta para está no autógrafo e na sua autenticação, alerta a leiloeira online. “Como determinar se o autógrafo da sua memorabília desportiva é genuíno?”, questiona a Catawiki no seu blogue. Há que ter em atenção cinco factores:

Pré-impressão
Muita da memorabília desportiva autografada que é vendida na internet é falsa. A melhor forma de reconhecer estas falsificações em fotos e cartazes é colocar o artigo contra a luz: se o autógrafo e a imagem ficarem igualmente iluminados, foi pré-impresso. Os autógrafos autênticos são adicionados mais tarde e a tinta mostra habitualmente uma cor roxa acinzentada quando a olha para a assinatura de frente. Mas, tenha cuidado, pois os autógrafos adicionados mais tarde também podem ser falsos.

Caneta automática
Uma forma de criar muitas reproduções de um autógrafo é com a ajuda da chamada caneta automática. Uma caneta ligada a um braço mecânico é capaz de desenhar uma assinatura muito realística. Um autógrafo na sua memorabília desportiva que tenha sido feito por uma caneta automática parece autêntico, uma vez que foi adicionado após o processo de fabrico, mas felizmente existe uma forma de o diferenciar de uma assinatura verdadeira. As linhas criadas pela caneta automática têm exatamente a mesma profundidade e espessura, ao contrário dos autógrafos autênticos.

Um ponto no final ou no início também é revelador de um braço mecânico e do seu funcionamento.

(Pós-) impressão
Os autógrafos que parecem demasiado perfeitos são geralmente falsos. Por exemplo, as assinaturas de toda a equipa são frequentemente impressas nas camisolas de futebol e camisolas autografadas por toda a equipa são quase sempre falsas – é possível reconhecer isso pela forma como as assinaturas estão igualmente distribuídas pela camisola. As linhas dos autógrafos são finas e existe igual quantidade de tinta em todas as zonas do autógrafo. Ninguém assina dessa forma. Facto é que não existe duas assinaturas exatamente iguais. Compare com as assinaturas disponíveis online.

Carimbos
As pessoas que têm que assinar centenas de cartas por dia usam muitas vezes um carimbo de borracha. Como pode ver se a assinatura foi feita com um carimbo de borracha? Os limites do autógrafo são mais espessos do que o centro e muitas vezes a tinta fica um pouco esborratada.

Falsificações
Por vezes, um autógrafo é duplicada à mão, mas existe uma forma de reconhecer que a assinatura é falsa. Já tentou copiar a assinatura de alguém? Então sabe que as falsificações à mão são feitas de forma lenta e hesitante. Pelo contrário, as assinaturas verdadeiras resultam de um único movimento fluido. É por este motivo que uma assinatura verdadeira tem um aspeto fluido e relaxado: uma assinatura copiada começa e termina de forma abrupta e pode estar tremida ou irregular.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB