Édouard Philippe nomeado para primeiro-ministro de França

O antigo prefeito de Le Havre sucede ao socialista Bernard Cazeneuve, que estava no cargo desde dezembro de 2016.

Édouard Philippe foi esta segunda-feira anunciado pelo secretário-geral do Eliseu, Alexis Kohler, com a escolha do presidente recém-eleito Emmanuel Macron para primeiro-ministro da França. O antigo prefeito da cidade portuária do norte de Le Havre sucede ao socialista Bernard Cazeneuve, que estava no cargo desde dezembro de 2016.

Com 46 anos, Édouard Philippe é um político de centro-direita moderado, próximo de Alain Juppé, o ex-primeiro-ministro que se candidatou, sem sucesso, contra François Fillon, às primárias do partido dos Republicanos. Emmanuel Macron, que foi ministro da Economia do Governo socialista de François Hollande, procura com esta nomeação construir uma maioria no parlamento para o seu partido de centro, “En Marche!”.

Entre os nomes referenciados para o cargo estavam também o ex-primeiro-ministro Alain Juppé, a eurodeputada Sylvie Goulard e o secretário-geral do partido “En Marche!”, Richard Ferrand.