E se em vez de passar férias num hotel no Algarve dormir num barco de luxo?

25 iates de luxo que, durante cinco semanas de férias, entre 15 de julho e 19 de agosto, irão navegar e ancorar em cinco regiões do Algarve, este é o projeto Portugal Sail Week - Algarve lançado pelos empreendedores Martim de Barros Rodrigues, Francisco Rasquilha e Duarte Ribeiro Soares.

Trata-se de um projeto pioneiro e único no país e que nasceu da ideia dos dois amigos  Francisco (Kiko) Rasquilha e Duarte Ribeiro Soares, a que se juntou Martim de Barros Rodrigues. Com o objetivo de atrair estrangeiros e mostrando o melhor que Portugal pode oferecer, o Portugal Sail Week – Algarve, que decorre entre 15 de julho e 19 de agosto, vai proporcionar experiências únicas para quem pretender conhecer a costa algarvia.

O que os empreendedores propõe é a estadia em barcos de luxo e o desfrute de uma viagem entre Albufeira e Castro Marim, ancorar em várias localidades, tais como Portimão, Albufeira, Faro – Ilha da Culatra, Tavira e Castro Marim e entretanto apreciar a gastronomia, os eventos e as noites algarvias, em sunsets, bares, discotecas. “Tudo está preparado para receber e acompanhar durante uma semana os nossos clientes para que eles possam passar umas férias inesquecíveis”, explica Duarte Ribeiro Soares.

O programa é de uma semana, onde terão 25 barcos, o que dá 125 pessoas por semana e no total das cinco semanas, cerca de 750 pessoas. São barcos de luxo e que terão a tripulação necessária e apoio aos clientes. Existem quatro pacotes (Premium, Exclusive, Elite Yachts e Deluxe Catamaran) com preços que variam entre 1450 a 1950 euros por pessoa.

As Câmaras Municipais de Albufeira, Vilamoura, Faro, Tavira e Castro Marim aderiram de imediato a este projeto.

Duarte Ribeiro Soares explica que esta aventura iniciou-se com uma viagem pela Europa durante 25 dias e onde passaram por cerca de 15 cidades tendo conseguido o apoio para divulgação de 130 agências. Até ao momento já têm muitos interessados e depois do lançamento em Londres que ocorreu ontem em Londres ao largo do Tamisa junto de operadores turísticos e imprensa internacional.

Com apenas 24 anos, Kiko e Duarte, já são empreendedores natos desde cedo e já há muito se tinham aventurado pelo universo da organização de eventos. Agora foi um passo maior mas com a esperança de que será um projeto de sucesso. Portugal está na moda e por isso este evento vem mesmo no tempo certo, será um negócio que tem tudo para seguir de “vento em popa”.



Mais notícias