É oficial: a Apple vai ‘tratar-nos’ da saúde

A Apple adquiriu a finlandesa Beddit, especializada na monitorização da qualidade do sono, relata o The Guardian, que adianta ainda que tal servirá para reforçar a posição da marca da maçã no mercado do “Eu quantificável”.

Fundada em 2007 e a comercializar o seu sistema de monitorização de sono nas lojas da Apple desde 2015, a finlandesa Beddit acaba de ser adquirida pela marca da maçã, de acordo com o The Guardian, que declara ainda não se conhecerem os detalhes financeiros do negócio.

A Beddit confirmou o negócio através de uma notificação enviada aos seus clientes no passado dia 8 de maio, onde se podia ler: “A Beddit foi adquirida pela Apple. Os seus dados pessoais serão recolhidos, usados e transmitidos de acordo com a política de privacidade da Apple.”

Caracterizado pela sua facilidade de utilização, o sensor da Beddit vem assim fechar uma lacuna da Apple na área da monitorização do sono, impedida pela necessidade de carregamento noturno no Apple Watch. O sensor de monitorização do sono da Beddit usa uma faixa de sensores com 1,5 mm que se coloca por cima do colchão e é ligada à tomada. O sensor monitoriza o tempo e qualidade do sono, bem como os ritmos cardíaco e de respiração. Os resultados são mostrados no smartphone do cliente recorrendo a apps Android e iOS.

Neste momento, ainda não se sabe se a Apple continuará a vender o sensor de monitorização do sono da Beddit ou se a tecnologia e algoritmos de análise passaram a incorporar a oferta na área da saúde dos próximos Apple Watch.