Durou dez dias nas ‘mãos’ de Trump: Diretor de comunicação despedido

Anthony Scaramucci era o responsável de comunicação da Casa Branca há dez dias. Presidente não aguentou a sua personalidade errática e demitiu-o.

O diretor de comunicação da Casa Branca, Anthony Scaramucci, foi hoje demitido do cargo que ocupou há dez dias, avança o The New York Times.

De acordo com a edição online do jornal norte-americano, esta foi a conclusão lógica de um processo que nunca foi bem aceite pelo staff da Casa Branca e que, de acordo com alguns membros da administração Trump, ainda veio tornar mais caótica a situação junto do presidente.

Até ao momento, ainda é não é definitivo que Anthony Scaramucci deixe a Casa Branca, pelo que a sua continuidade, com outras funções ainda é possível.

Quem era Scaramucci?

Anthony Scaramucci, o homem que já descreveu Donald Trump como “cara de dinheiro herdado do Condado de Queens” segundo a Vanity Fair, foi nomeado pelo presidente norte-americano como responsável de comunicação da Casa Branca.

O financeiro tornou-se vice-presidente e estratega-chefe da divisão de exportação e importação do Banco norte-americano, em junho de 2017 e em janeiro Donald Trump já tinha anunciado a intenção de torná-lo diretor da Office of Public Liasion and Intergovernamental Affairs da Casa Branca.

Scaramucci começou a sua carreira na Goldman Schas, onde trabalhou desde 1989 até 1996, com funções em áreas como investment banking, equities and private wealth management. Em 2005 fundou a SkyBridge Capital, uma empresa de investimento alterantivo.

Ganhou o prémio da Ernest&Young Entrepreneur de 2011 de Nova Iorque. Hoje, tornou-se responsável pela comunicação da Casa Branca, substituindo Mike Dubke, que apresentou a demissão em amio, após três meses no cargo.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB