Dos depósitos disponíveis em Portugal, quantos posso subscrever com 100 euros?

A Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) do total dos depósitos a prazo disponibilizados pelas instituições bancárias em Portugal é de 0,48%. No entanto, há que ter em conta as limitações da oferta, a começar pelo valor mínimo de subscrição.

A oferta em Portugal de depósitos a prazo incluiu 121 produtos, mas com 100 euros, os clientes podem subscrever apenas uma pequena parte: 12,4%, ou 15 depósitos. Só quem tiver 100 mil euros disponíveis para alocar num depósito a prazo poderá ter todas as opções em aberto, segundo uma análise da fintech ComparaJá.pt.

A Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) do total dos depósitos a prazo disponibilizados pelas instituições bancárias em Portugal é de 0,48%, sendo que três produtos têm rendibilidade igual ou superior 1,5%.

Na categoria de uma taxa entre 1% e 1,5%, há 18 ofertas, 25 situam-se entre 0,5% e 1%. Mais de metade das ofertas (73 depósitos) oferecem uma rendibilidade até 0,1% e há mesmo dois depósitos a prazo que rendem 0%.

No entanto, há que ter em conta as limitações da oferta, a começar pelo valor mínimo de subscrição. “Com um valor de 100 euros, um consumidor conseguirá subscrever apenas 15 dos 121 produtos existentes. Já com 500 euros, é possível aceder a 60 ofertas e, por sua vez, com dois mil euros é possível subscrever 84 dos 121 depósitos disponíveis”, explica a análise do ComparaJá.pt.

Considerando um mínimo de subscrição de cinco mil euros, existem 100 produtos ao dispor e, com dez mil euros, o número de ofertas sobe para 110. Quem tiver disponíveis 50 mil euros, pode aceder a quase todos os depósitos (119), sendo que a totalidade é mesmo só passando a barreira dos 100 mil euros.

Além do limite mínimo de subscrição, há ainda outras limitações da oferta, sendo que 9% são exclusivos para novos clientes (geralmente os produtos com as taxas mais competitivas), 7% para novos recursos (não admitem capitais que provenham de outras contas/aplicações já existentes na instituição por parte de um cliente atual) e 41% são exclusivos para clientes particulares, não estando disponíveis para empresas.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB