Dona da EDP não comenta renovação do mandato de Mexia

O vice-presidente da China Three Gorges, Lin Chixue, evitou hoje falar a renovação do mandato de António Mexia, como CEO da EDP, que termina no final deste ano 2017.

À margem da cerimónia de entrega de bolsas de estudo a estudantes portugueses e da assinatura de protocolos com oito universidades portuguesas, esta manhã, na Embaixada da China em Lisboa, Lin Chixue, vice-presidente da China Three Gorges, alegando que o encontro de hoje não era para falar sobre o assunto, limitou-se a dizer em resposta aos jornalistas:

Como accionista da EDP estamos satisfeitos com o nosso investimento na EDP e estamos satisfeitos com o desempenho da empresa e dos seus administradores.

A China Three Gorges entregou hoje os certificados com as bolsas de estudo a quatro estudantes portugueses que no próximo ano letivo vão desenvolver estudos superiores em universidades chinesas.

O programa “CTG Scholarship”, lançado no ano passado, tem um orçamento de meio milhão de euros em dois anos, cobrindo um valor individual de 25 mil euros. Os destinatários do programa são jovens portugueses oriundos das universidades parceiras, que querem desenvolver estudos de mestrado preferencialmente nas áreas científicas de Língua e Cultura Chinesas, Arte, História, Arqueologia, Economia, Gestão, Engenharia e Arquitetura.

Cai Run, Embaixador da China em Portugal, destacou a cooperação na área da educação entre os dois países como sendo extremamente importante. “O objetivo é aumentar o relacionamento” seja a nível da vinda de estudantes chineses para Portugal seja a nível de portugueses que vão estudar para a China.

Aludiu igualmente ao “excelente momento” das relações entre os dois países, que tem tradução direta na ligação recente de voos diretos, além das relações comerciais e do investimento.

 

 



Mais notícias