Divórcios aumentam 1,6% na Madeira

Em 2016, 61,5% dos divórcios foram decretados por 'mútuo consentimento'. Destes, 36,3% tiveram duração entre 10 e 19 anos, revela a direção regional de saúde.

A Madeira registou, em 2016, um aumento de 1,6% da taxa de divórcios face ao ano anterior. Das 652 separações, 61,5% foram decretadas por ‘mútuo consentimento”, segundo os dados da Direção Regional de Estatística da Madeira.

A idade média em que ocorre o divórcio tem vindo a aumentar nos últimos 6 anos em ambos os sexos, sendo sempre mais elevada nos homens que nas mulheres. Em 2016, os homens que se divorciaram tinham em média 45,6 anos e as mulheres 42,9 anos.

Dos casamentos dissolvidos por divórcio observados em 2016, 36,3% tiveram duração entre 10 e 19 anos.

Depois do Funchal, com 247 separações, Santa Cruz, com 102, e Câmara de Lobos,com 63, apresentaram as maiores taxas de divórcio.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB