Desemprego fica abaixo da média do euro pela primeira vez em 11 anos

Taxa de 9% registada por Portugal em junho é inferior aos 9,1% registados no conjunto dos países da moeda única.

A taxa de 9% de desemprego em Portugal, calculada pelas autoridades estatísticas para o mês de junho, ficou abaixo da média da Zona Euro, cuja taxa de desemprego atingiu 9,1% naquele mês, indicou hoje o Eurostat. Segundo as séries estatísticas do organismo europeu, é primeira vez em mais de 11 anos que este desempenho se verifica no mercado laboral português.

A última vez que Portugal tinha registado uma taxa de desemprego abaixo da Zona Euro foi em fevereiro de 2006. Nesse mês, Portugal registou uma taxa de 8,6%, face aos 9,7% do conjunto dos países da moeda única.

Segundo o comunicado do Eurostat, a taxa de desemprego desceu quer na Zona Euro quer no total da União Europeia, em termos homólogos. O mercado laboral melhorou em todos os Estados-membros à exceção da Estónia.

Na Zona Euro, a taxa de desemprego de 9,em junho compara com os 9,2% de maio e os 10,1% de junho do ano passado. No conjunto da UE, os 7,7% de junho representam uma estabilização face a maio  e uma descida face aos 8,6% do mês homólogo.

As taxas de desemprego mais baixas foram registadas na República Checa (2,9%), na Alemanha (3,8%) e Malta (4,1%) e as mais elevadas na Grécia (21,7%) e em Espanha (17,1%). Portugal está no sétimo lugar, o mesmo do mês anterior.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB