Desemprego continua a descer e fica em 10% em fevereiro

INE estima que a população desempregada tenha sido de 510,6 mil pessoas em fevereiro e reviu a taxa de desemprego em janeiro em baixa para 10,1%.

Rafael Marchante/Reuters

A taxa de desemprego em Portugal terá caído para 10% em fevereiro, de acordo com a estimativa do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) publicada esta sexta-feira. O valor significa uma descida de 0,1 ponto percentual face ao registado em janeiro e põe o desemprego nacional em níveis de março de 2009.

Continuando a tendência de decréscimo, a estimativa provisória da população desempregada em fevereiro é de 510,6 mil pessoas e a da população empregada de 4 610,5 mil pessoas. A maior descida na taxa de desemprego aconteceu entre os adultos e homens, enquanto o número de jovens e mulheres desempregados ficou praticamente inalterado.

“Em fevereiro de 2017, e por comparação ao mês anterior, a população empregada aumentou para os homens (0,3%; 7,9 mil) e para os adultos (25 a 74 anos) (0,1%; 5,2 mil), tendo diminuído para as mulheres (0,1%; 2,6 mil) e mantido-se praticamente inalterada para os jovens (15 a 24 anos)”, refere o relatório do INE.

O instituto reviu ainda em baixa a taxa de desemprego de janeiro face à estimativa. Assim, a taxa ficou nos 10,1% em janeiro, menos 0,1 pontos percentuais do que no mês anterior e menos 0,5 pontos percentuais em relação a três meses antes. A população desempregada de janeiro foi estimada em 518,3 mil pessoas, enquanto a população empregada foi estimada em 4 605,2 mil pessoas.

PUB
PUB
PUB